SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.9 número3DESEMPENHO DE UMA AMOSTRA DE PACIENTES COM COMPROMETIMENTO COGNITIVO LEVE (CCL), DOENÇA DE ALZHEIMER (DA) E IDOSOS SAUDÁVEIS EM TESTE DE DECISÃO LEXICAL (TDL) COMO MEDIDA DE QI PRÉ-MÓRBIDOANÁLISE DE NARRATIVAS PROTOTÍPICAS PRODUZIDAS POR INDIVÍDUOS AFÁSICOS E INDIVÍDUOS COGNITIVAMENTE SADIOS índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Dementia & Neuropsychologia

versão impressa ISSN 1980-5764

Resumo

SPOSITO, Giovana; NERI, Anita Liberalesso  e  YASSUDA, Mônica Sanches. Cognitive performance and engagement in physical, social and intellectual activities in older adults: The FIBRA study. Dement. neuropsychol. [online]. 2015, vol.9, n.3, pp.270-278. ISSN 1980-5764.  http://dx.doi.org/10.1590/1980-57642015dn93000010.

O declínio cognitivo no envelhecimento pode interferir na qualidade de vida do idoso. No entanto, estudos tem documentado que idosos engajados em atividades avançadas de vida diária (AAVD) podem manter ou melhorar a função cognitiva global ou domínios específicos.

Objetivo:

Investigar a relação entre o engajamento em AAVD e domínios da cognição em idosos residentes em sete localidades brasileiras.

Métodos:

Participaram de estudo transversal 2.549 idosos sem déficits cognitivos sugestivos de demência. Foram coletados dados referentes às características sociodemográficas, de saúde, Mini Exame do Estado Mental (MEEM) subdividido em subdomínios (orientação, memória, atenção/ cálculo, linguagem e praxia construtiva) e o engajamento em AAVD agrupadas em físicas, sociais e intelectuais.

Resultados:

Embora modesta a análise de regressão linear multivariada mostrou associação entre as AAVD intelectuais e os domínios de orientação, atenção/ cálculo, linguagem e praxia construtiva (R2=0.005, 0.008, 0.021, 0.021 respectivamente). As AAVD sociais se associaram aos domínios de memória (R2=0.002) e linguagem (R2=0.004). Não houve associação entre a as AAVD físicas e os domínios do MEEM. Escolaridade e renda familiar foram as variáveis sociodemográficas que apresentaram relação mais robusta com os domínios cognitivos.

Conclusão:

O estudo mostrou associação entre as AAVD intelectuais e sociais e o melhor desempenho cognitivo, sugerindo que o envelhecimento ativo pode oferecer oportunidades para amenizar o declínio cognitivo no envelhecimento.

Palavras-chave : atividades cotidianas; participação social; atividade motora; cognição; idoso.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )