SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.11 número3LINGUAGEM E INTERVENÇÕES DA COMUNICAÇÃO NA DOENÇA DE ALZHEIMER: UMA REVISÃO SISTEMÁTICA. INTERVENÇÃO DE COMUNICAÇÃO EM ALZHEIMERDISTRIBUIÇÃO CEREBRAL DISTINTA DE FOSFO-TDP-43 EM DOIS CASOS DE DFT, UM ASSOCIADO COM ELA índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Dementia & Neuropsychologia

versão impressa ISSN 1980-5764versão On-line ISSN 1980-5764

Resumo

DELFINO, Lais Lopes et al. ADAPTAÇÃO TRANSCULTURAL PARA O BRASIL DE UM INSTRUMENTO SOBRE ESTRATÉGIAS COMUNICATIVAS DE CUIDADORES DE IDOSOS COM DEMÊNCIA. Dement. neuropsychol. [online]. 2017, vol.11, n.3, pp.242-248. ISSN 1980-5764.  http://dx.doi.org/10.1590/1980-57642016dn11-030005.

A comunicação com pacientes com demência pode ser muito difícil para os cuidadores.

OBJETIVO:

Este estudo objetivou obter a adaptação transcultural de um instrumento desenvolvido no Canadá, denominado Small Communication Strategies Scale, composto por 10 itens que foi construído a partir de 10 estratégias comunicativas que mais apareciam em um levantamento bibliográfico.

MÉTODOS:

A partir da compreensão da construção da Small Communication Strategies Scale (SCSS), realizou-se uma versão em português brasileiro desse instrumento, por meio das seguintes etapas: tradução, retrotradução e adequação semântico-cultural realizada por uma linguista especialista em versões inglês-português e o teste da compreensibilidade da versão obtida num grupo de cuidadores de idosos com demência.

RESULTADOS:

A equivalência transcultural foi realizada, e no teste de compreensibilidade apenas dois itens do SCSS precisaram ser adaptados para o contexto brasileiro: 2) lentamente e devagar – optou-se por devagar; 6) concentrar a atenção e prestar atenção – adotou-se prestar atenção, neste mesmo item, entre os termos: estratégias de reparação na conversa e fazer interferências quando necessário for, optou-se por fazer interferências quando necessário for.

CONCLUSÃO:

A versão brasileira do instrumento foi adaptada transculturalmente com sucesso e está pronta para ser validada e aplicada no Brasil.

Palavras-chave : comunicação; cuidador; demência.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )