SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.11 número3EFEITO TERAPÊUTICO DA ESTIMULAÇÃO TRANSCRANIANA DE CORRENTE DIRETA NOS SINTOMAS NEUROPSICOLÓGICOS DE UM PACIENTE IDOSO: RELATO DE CASO índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Dementia & Neuropsychologia

versão impressa ISSN 1980-5764versão On-line ISSN 1980-5764

Resumo

BAPTISTA, Maria Alice Tourinho et al. CONSCIÊNCIA DA DOENÇA PODE AUMENTAR RISCO DE SUICÍDIO NA DEMÊNCIA DE INÍCIO PRECOCE: RELATO DE CASO. Dement. neuropsychol. [online]. 2017, vol.11, n.3, pp.308-311. ISSN 1980-5764.  http://dx.doi.org/10.1590/1980-57642016dn11-030015.

Estudos relatam que pessoas com doença de Alzheimer (DA) de início precoce possuem maior consciência da doença comparadas com as de início tardio. Descrevemos o caso de um homem com DA de início precoce, que apresenta consciência da doença preservada, depressão e risco de suicídio associado ao desenvolvimento da demência. O funcionamento cognitivo, gravidade da doença, sintomas depressivos e a consciência da doença foram acessados através de instrumentos validados. A pessoa com DA de início precoce apresentou um nível de gravidade da doença moderado e um elevado grau de dependência para as atividades de vida diária. Houve reconhecimento dos problemas de memória e mudanças de rotina com presença de pessimismo intenso, baixa autoestima e ideação suicida. Esse caso indica a existência de questões específicas relacionadas à demência de início precoce e a importância clínica de identificar e tratar pacientes que possam estar conscientes de sua condição.

Palavras-chave : início precoce; demência; doença de Alzheimer; consciência da doença; depressão; suicídio.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )