SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.11 número4UM CONTÍNUO DE DÉFICITS EM FUNÇÃO EXECUTIVA NO COMPROMETIMENTO COGNITIVO SUBCORTICAL INICIAL: REVISÃO SISTEMÁTICA E METANÁLISEIMPACTO DA GRAVIDADE DA HIPERTENSÃO NA RIGIDEZ ARTERIAL, VASORREATIVIDADE CEREBRAL E DESEMPENHO COGNITIVO índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Dementia & Neuropsychologia

versão impressa ISSN 1980-5764versão On-line ISSN 1980-5764

Resumo

CUSTODIO, Nilton et al. EVOLUÇÃO DO DESEMPENHO EM TESTES COGNITIVOS BREVES DE PACIENTES COM ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL COM COMPROMETIMENTO COGNITIVO VASCULAR E DEMÊNCIA VASCULAR: AVALIAÇÃO INICIAL E ACOMPANHAMENTO. Dement. neuropsychol. [online]. 2017, vol.11, n.4, pp.381-388. ISSN 1980-5764.  https://doi.org/10.1590/1980-57642016dn11-040007.

Há evidências limitadas sobre a progressão do desempenho cognitivo durante o estágio pós- acidente vascular cerebral (AVC).

Objetivo:

Avaliar a evolução do desempenho cognitivo em pacientes com AVC sem comprometimento cognitivo vascular (SCCV), pacientes com comprometimento cognitivo leve vascular (CCL-V) e pacientes com demência vascular (DV).

Métodos:

Coorte prospectivo de pacientes ambulatoriais com AVC de dois centros médicos secundários de Lima, Peru. Realizamos avaliações padronizadas no diagnóstico definitivo (avaliação inicial) e controles aos 6 e 12 meses depois, incluindo um conjunto de testes cognitivos breves: Clinical Dementia Rating (CDR), Addenbrooke's Cognitive Examination (ACE), and INECO Frontal Screening (IFS).

Resultados:

Completaram o estudo 152 pacientes ambulatoriais, mostrando que as médias de pontuação da CDR apresentaram aumento progressivo (0,34 a 0,46), contrariamente ao observado com ACE e IFS (78,18 a 76,48 e 23,63 a 22,24). A soma das caixas do teste CDR mostrou que os pacientes com comprometimento cognitivo vascular (CCL-V e DV) apresentaram piora progressiva (0,79 a 0,16). Por outro lado, em indivíduos SCCV, essa tendência não foi observada. O gráfico box-plot para ACE e IFS mostrou que, para a maioria dos tipos de AVC observados, tanto os pacientes SCCV como aqueles com CCV apresentaram piora progressiva.

Conclusão:

De acordo com os resultados de ACE e IFS durante o acompanhamento de 1 ano, o desempenho cognitivo em pacientes com AVC piora, o que é particularmente consistente em pacientes com AVC tipo infarto.

Palavras-chave : demencia vascular; comprometimento cognitivo vascular; Exame Cognitivo de Addenbrooke; INECO Frontal Screening; coorte.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )