SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.11 número4AUMENTO DOS NÍVEIS DE CSF DE TAU TOTAL EM PACIENTES COM PATOLOGIA SUBCUTÂNEA CEREBROVASCULAR E COMPROMETIMENTO COGNITIVOEFICÁCIA DA TERAPIA DE ESTIMULAÇÃO COGNITIVA PARA IDOSOS COM DEMÊNCIA VASCULAR índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Dementia & Neuropsychologia

versão impressa ISSN 1980-5764versão On-line ISSN 1980-5764

Resumo

HOLZ, Maila Rossato et al. DESEMPENHO COGNITIVO EM PACIENTES COM COMPROMETIMENTO COGNITIVO LEVE E DOENÇA DE ALZHEIMER COM HIPER-INTENSIDADES DE SUBSTÂNCIA BRANCA: UMA ANÁLISE EXPLORATÓRIA. Dement. neuropsychol. [online]. 2017, vol.11, n.4, pp.426-433. ISSN 1980-5764.  https://doi.org/10.1590/1980-57642016dn11-040013.

Introdução:

Hiperintensidades de substância branca (HSB) são comumente associadas à demência vascular e ao mau funcionamento executivo. Contudo, descobertas recentes relacionam-no com a doença de Alzheimer, bem como com outros funcionamentos cognitivos, mas não há um consenso.

Objetivo:

Este estudo teve como objetivo verificar a relação entre HSB e desempenho cognitivo em pacientes com Comprometimento Cognitivo Leve (CCL) e doença de Alzheimer (DA). Assim como, identificar fatores cognitivos e demográficos / culturais que poderiam explicar a variabilidade da HSB.

Métodos:

A amostra foi composta por 40 participantes (18 CCL e 22 pacientes com DA) com ≥ 65 anos de idade. A correlação de Spearman foi realizada entre o desempenho cognitivo (memória, linguagem, capacidade visoespacial e função executiva) e HSB avaliada através das escalas Fazekas e ARWMC. Dois modelos de regressão linear stepwise foram realizados, um com variáveis cognitivas e outro com variáveis demográficas / culturais como preditores.

Resultados:

Somente nomeação apresentou correlação significativa com ARWMC. Fazekas apresentou correlação significativa com todos os domínios cognitivos avaliados. Fazekas foi melhor predito pela memória episódica visual e idade.

Conclusão:

Este estudo foi capaz de identificar que em pacientes com CCL e DA com HSB o perfil cognitivo mais relevante está relacionado à memória episódica. E, sem levar em consideração os aspectos clínicos, a idade foi o melhor preditor da HSB.

Palavras-chave : doença de Alzheimer; Comprometimento Cognitivo Leve; hiperintensidades de substância branca; cognição.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )