SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.20 número3Longitudinal intra- and inter-individual variability in young swimmers' performance and determinant competition factorsBilateral assessment of knee muscle relationships in healthy adults índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Motriz: Revista de Educação Física

versão On-line ISSN 1980-6574

Resumo

PEREIRA, Gleber et al. Vertical jump fatigue does not affect intersegmental coordination and segmental contribution. Motriz: rev. educ. fis. [online]. 2014, vol.20, n.3, pp.303-309. ISSN 1980-6574.  https://doi.org/10.1590/S1980-65742014000300009.

"Fadiga em salto vertical não afeta a coordenação intersegmental e contribuição segmental." O objetivo deste estudo foi descrever a coordenação entre segmentos e suas contribuições durante saltos verticais intervalados realizados até a fadiga. Sete indivíduos visitaram o laboratório em duas ocasiões: 1) foi determinada a altura máxima do salto vertical e realizada familiarização com saltos verticais; 2) participantes realizaram saltos verticais em contramovimento até a fadiga. Foram coletadas variáveis cinemáticas e cinéticas. A altura do salto vertical reduziu 5,5% e duração do movimento aumentou 10%. O ângulo da coxa no instante de reversão do movimento aumentou durante o exercício. A fadiga na sinergia do movimento não influenciou na coordenação intersegmental. Acima de 90% da coordenação entre segmentos foi explicada por um padrão coordenativo. A rotação da coxa foi o que mais contribuiu com o padrão coordenativo, seguido pelo tronco e perna. Portanto, em saltos verticais realizados até a fadiga, a coordenação intersegmental é mantida e a rotação da coxa tem maior contribuição na altura do salto.

Palavras-chave : exercício intervalado; análise do componente principal; desempenho psicomotor.

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )