SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.63 issue4Quantification of color variation of restorative materials used on pediatric dentistry after pigmentation author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


RGO - Revista Gaúcha de Odontologia

Print version ISSN 0103-6971On-line version ISSN 1981-8637

Abstract

DALAZEN, Chaiane Emilia; SINHORETI, Mario Alexandre Coelho  and  COUTINHO, Margareth. Efeito do tratamento superficial no reparo de resina a base de silorano. RGO, Rev. Gaúch. Odontol. [online]. 2015, vol.63, n.4, pp.376-382. ISSN 0103-6971.  https://doi.org/10.1590/1981-863720150003000012931.

Objetivo:

Avaliar o efeito de diferentes tratamentos de superfície, na resistência de união de reparo em um compósito à base de silorano envelhecido.

Métodos:

Foram confeccionados espécimes de compósito a base de silorano (P90, 3M/ESPE), envelhecidos com termociclagem (10.000 ciclos, 5-55ºC) e aleatoriamente submetidos a diferentes tratamentos de superfície (cada grupo n= 24): grupo controle (sem reparo); grupo 1 (só aplicação do adesivo do P90); grupo 2 (asperização com ponta diamantada + adesivo do P90); grupo 3 (jateamento com óxido de alumínio + adesivo do P90) e grupo 4 (asperização e jateamento + adesivo do P90). Em seguida, os espécimes foram reparados com o mesmo compósito de silorano e cada grupo subdivididos aleatoriamente em 2 subgrupos: armazenados em água destilada à 37 °C por 7 dias ou submetidos termociclagem (5.000 ciclos). Após o envelhecimento, foi realizado o teste de tração. Os dados foram submetidos à análise de variância a dois fatores (ANOVA 2-way).

Resultados:

Os grupos reparados que foram submetidos ao envelhecimento de 7 dias em estufa não diferiram estatisticamente (p>0,05) dos grupos correspondentes envelhecidos com termociclagem. A resistência de união dos espécimes foi significativamente influenciada pelo tratamento superficial (p<0,01). Os maiores valores de resistência à tração foram encontrados nos grupos 3 (20,76 ± 4,51 MPa) e 4 (20,67± 3,96 MPa), independente do envelhecimento ou do reparo.

Conclusão:

O reparo de compósito à base de silorano se mostrou estável após envelhecimento e o tratamento superficial com jateamento de óxido de alumínio foi o mais efetivo.

Keywords : Reparação de restauração dentária; Falha de restauração dentária; Materiais dentários; Resistência à tração.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )