SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.65 número1Controle glicêmico e produção de citocinas em pacientes diabéticos com doença periodontal crônicaEstudo longitudinal sobre determinantes da cárie aos 4 anos de idade: aspectos sócio-comportamentais e saúde bucal da gestante índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


RGO - Revista Gaúcha de Odontologia

versão impressa ISSN 0103-6971versão On-line ISSN 1981-8637

Resumo

RODRIGUES, Fabio; REBOUCAS, Adriana Gama  e  FLORIO, Flávia Martão. Autopercepção em saúde bucal em escolares de uma cidade do Amazonas: fatores relacionados. RGO, Rev. Gaúch. Odontol. [online]. 2017, vol.65, n.1, pp.44-51. ISSN 0103-6971.  http://dx.doi.org/10.1590/1981-863720170001000073053.

Objetivo:

Avaliar a associação entre a autopercepção em saúde bucal com a experiência de cárie e sexo em estudantes do município de São Gabriel da Cachoeira, Amazonas - Brasil.

Métodos:

A amostra foi composta por 509 alunos matriculados nas seis escolas públicas da rede municipal e estadual de ensino do município. O exame epidemiológico foi realizado por examinador calibrado (Kappa=0,98), utilizando-se os índices CPO-D e ceo-d e a autopercepção em saúde foi aferida utilizando-se os instrumentos Child Perceptions Questionnaire CPQ8-10 para as crianças entre 8 a 10 anos e CPQ11-14 para as crianças entre 11 a 14 anos, considerando-se os domínios sintomas orais, limitação funcional, bem-estar emocional e bem-estar social. Resultados: As significâncias das associações entre as variáveis foram testadas pela análise bivariada e as associações que apresentaram p-valor inferior a 0,20 (p<0,20) foram testadas nos modelos de regressão logística múltipla, permanecendo aquelas com p≤0,05. O grupo de 08 a 10 anos apresentou valor médio do CPO-D de 0,82 (± 1,33) e o ceo-d 2,54 (± 2,59), enquanto o grupo de 11 a 14 anos o CPO-D foi de 2,08 (± 2,41) e o ceo-d 1,5 (± 1,77).

Conclusão:

Conclui-se que o sexo foi a variável que mais influenciou nas dimensões avaliadas, seguida da condição bucal e que a presença de dentes cariados não influenciou a autopercepção das crianças sobre a sua saúde bucal.

Palavras-chave : Cárie dentária; Saúde bucal; Qualidade de vida; Autoimagem.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )