SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.67Dimorfismo sexual de medidas mandibulares a partir de tomografias computadorizadasInfluência dos hábitos alimentares e perfil socioeconômico na saúde oral de escolares índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


RGO - Revista Gaúcha de Odontologia

versão impressa ISSN 1981-8637versão On-line ISSN 1981-8637

Resumo

PEDROSA, Bruna Rafaele Vieira et al. Conhecimento dos pais de crianças oncológicas em saúde bucal. RGO, Rev. Gaúch. Odontol. [online]. 2019, vol.67, e2019008.  Epub 25-Abr-2019. ISSN 1981-8637.  http://dx.doi.org/10.1590/1981-86372019000083605.

Objetivo:

Identificar o conhecimento dos pais/responsáveis de crianças oncológicas sobre os cuidados de saúde bucal dedicados aos seus filhos acompanhados na oncologia pediátrica do Instituto de Medicina Integral Prof. Fernando Figueira.

Métodos:

Estudo transversal, com amostra de 163 Pais/responsáveis de crianças acompanhadas pelo Setor de Oncologia Pediátrica do IMIP na cidade do Recife/PE através da aplicação de formulário semiestruturado, testado com 10% da amostra em um estudo-piloto.

Resultados:

Os pais/responsáveis em sua maioria pertenciam ao sexo feminino (87%), eram mães dos pacientes (81%), com idade entre 25 a 34 anos (44,8%), com renda familiar de um salário mínimo (47%), com escolaridade até o ensino fundamental (51,6%) e do interior do Estado de Pernambuco (56%). As crianças na maior parte eram do sexo masculino (58,9%) e tinha idade média de 7, 57 anos, cursavam ou haviam parado de estudar no ensino fundamental (54,6%), foram diagnosticados com Leucemia Linfóide Aguda (57,7%) e tratados através de quimioterapia (92,6%). Todos os pais consideravam importante a presença do cirurgião dentista no Setor de Oncologia e realizavam a higiene bucal da criança, mais da metade afirmaram ter conhecimento sobre como evitar a cárie (63%) e quase metade das crianças nunca foram ao dentista (41,1%).

Conclusão:

Os pais/responsáveis possuem conhecimento sobre saúde bucal, mas não colocam em prática.

Palavras-chave : Saúde da criança; Assistência à saúde; Saúde bucal.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )