SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.67Conhecimento dos pais de crianças oncológicas em saúde bucalDesfechos clínicos do tratamento da peri-implantite com substituto ósseo e membrana reabsorvível: revisão da literatura com abordagem sistemática índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


RGO - Revista Gaúcha de Odontologia

versão impressa ISSN 1981-8637versão On-line ISSN 1981-8637

Resumo

SANTOS, Laís Cardozo dos et al. Influência dos hábitos alimentares e perfil socioeconômico na saúde oral de escolares. RGO, Rev. Gaúch. Odontol. [online]. 2019, vol.67, e2019009.  Epub 25-Abr-2019. ISSN 1981-8637.  http://dx.doi.org/10.1590/1981-86372019000093629.

Objetivo:

Avaliar a associação entre a presença de cárie dentária com a dieta alimentar, hábitos de higiene oral e o perfil socioeconômico de crianças do 5° ano da Escola Estadual Ensino Fundamental e Médio Pedro Simão do Município de Alegre, Espírito Santos, Brasil.

Métodos:

Foram aplicados questionários para avaliar o perfil socioeconômico, os hábitos alimentares e hábitos de higiene oral de 26 escolares do 5° ano; em seguida, foram realizados levantamento epidemiológico em relação à cárie dentária e a presença de placa bacteriana. Após o primeiro exame clínico, foram realizadas atividades educativas e preventivas em educação nutricional e de higiene oral. Uma semana após a aplicação das ações educacionais, o índice de placa foi reavaliado.

Resultados:

As variáveis ‘renda familiar’ e ‘número de membros na família’ foram estatisticamente significativas (p≤0.20) pela análise de regressão bivariada, tendo associação com a cárie, porém, as variáveis relacionadas à dieta não apresentaram associação significativa (p>0.20) com a cárie. O IHOS inicial foi 1.85, e o final 0.92, sendo significativamente menor (p<0.05) após a intervenção realizada. O CPO-D foi de 1.81, resultado acima da média da região Sudeste do Brasil, obtida em 2010 pela Pesquisa Nacional de Saúde Bucal (SB Brasil).

Conclusão:

A prevalência de cárie foi elevada na amostra estudada e a intervenção realizada foi de suma importância para reduzir os níveis de placa bacteriana dental dos escolares e melhorar a condição da higiene oral, afirmando que é necessário desenvolver ações educativas continuadas para que a saúde seja mantida.

Palavras-chave : Cárie dentária; Educação alimentar e nutricional; Escolares.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )