SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.67Hiperplasia fibrosa inflamatória: um caso raro em Odontopediatria índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


RGO - Revista Gaúcha de Odontologia

versão impressa ISSN 1981-8637versão On-line ISSN 1981-8637

Resumo

MELO, Ricardo Eugenio Varela Ayres de et al. Exérese de adenocarcinoma polimorfo em maxila esquerda com reconstrução a base de retalho mucocutâneo. RGO, Rev. Gaúch. Odontol. [online]. 2019, vol.67, e2019002.  Epub 25-Abr-2019. ISSN 1981-8637.  http://dx.doi.org/10.1590/1981-86372019000023567.

O adenocarcinoma polimorfo de baixo grau é uma neoplasia maligna das glândulas salivares incomum em região de cabeça e pescoço, ocorre quase exclusivamente em glândulas salivares menores. Entretanto essa patologia apresenta sinais clínico patológicos próprios e baixo potencial biológico. A lesão ocorre com maior frequência em indivíduos idosos do gênero feminino, entre a sexta e oitava década de vida, com maior prevalência para as regiões do palato duro, palato mole, sendo o lábio superior e a mucosa jugal as outras localizações mais comuns. O diagnóstico diferencial tanto clínico quanto histológico é feito com o adenoma pleomórfico e o carcinoma adenoide cístico. O tratamento cirúrgico mais indicado é a excisão cirúrgica ampla, incluindo algumas vezes a ressecção do osso subjacente. Podem ocorrer metástases para os linfonodos regionais, porém são incomuns. A dissecção radical do pescoço não está indicada a menos que haja uma evidência clínica de metástase cervical. O presente estudo objetiva relatar um caso clínico de exérese de adenocarcinoma polimorfo em região de tuberosidade maxilar esquerda. Paciente do gênero masculino, com 63 anos de idade, leucoderma, procurou o Serviço de Cirurgia e Traumatologia Buco Maxilo Facial do Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Pernambuco, relatando que aproximadamente 10 anos, havia realizado uma exodontia na arcada superior esquerda e a partir desse procedimento cirúrgico, surgiu uma tumoração a nível de maxilar esquerdo, que foi aumentando de volume gradativamente. Diante da extensão e complexidade da lesão se fez necessário realizar a hemimaxilectomia.

Palavras-chave : Adenocarcinoma; Neoplasia maligna; Glândula salivar.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )