SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.21 issue2Mapping and risk evaluation of Cachoeira River flodding in some urban areas of Itabuna City, BrazilEvaluation of Hazards in Rio Grande do Sul, Brazil, Associated with Mesoscale Convective Complexes author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Sociedade & Natureza

On-line version ISSN 1982-4513

Abstract

MARTINS, Patrick Thomaz de Aquino  and  WANDERLEY, Lilian de Lins. Dinâmica de ocupação espacial de áreas contíguas (período 1987-2008) e sua relação com tensores de origem antrópica no manguezal do Rio Cachoeira, Ilhéus, Bahia. Soc. nat. (Online) [online]. 2009, vol.21, n.2, pp.77-89. ISSN 1982-4513.  http://dx.doi.org/10.1590/S1982-45132009000200006.

O presente trabalho tem como objetivo identificar, por meio de técnicas de geoprocessamento, alterações espaciais ocorridas no manguezal do Rio Cachoeira, Ilhéus, Bahia, e áreas adjacentes, no período de 21 anos, correlacionando-as com elementos de origem antrópica. Foram identificadas e mapeadas quatro classes temáticas: manguezal, água, urbano e sistemas adjacentes. Ao longo dos anos houve o avanço da área urbana em detrimento das de manguezal e dos demais sistemas adjacentes, aumentando concomitantemente a pressão antrópica sobre os mangues. Problemas de ordem econômica e conseqüente flutuação da população no município ocasionaram a ocorrência de diversas formas de supressão do mangue, através de corte e aterramento, além de lançamento de resíduos de resíduos sólidos e outras intervenções associadas à baixa qualidade de vida no entorno do manguezal. Em contrapartida, houve a conservação de parte do mangue, devido ao difícil acesso na margem oposta à cidade e à presença de Reserva Particular do Patrimônio Natural. O avanço das pressões antrópicas identificados no período e a atual situação vão contra a possibilidade de regeneração natural do ecossistema. Mesmo se eliminando o fator estresse, o metabolismo do sistema poderá apresentar implicações negativas irreversíveis. Permanecendo o ritmo e a forma de alteração registrada nos últimos anos, o ganho de território sobre os manguezais do Rio Cachoeira dificilmente será interrompido. Assim, o município ganha território, e perde um ecossistema de inestimável valor, podendo acarretar problemas sociais em futuro próximo.

Keywords : Geotecnologia; Impacto ambiental; Biogeografia.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License