SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.24 número1Morphostructural and morfoescultural mapping in the cerrado region in the North of Minas GeraisMapping and analysis of urban green areas in Paulínia (SP): study with application of geotechnologies índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Sociedade & Natureza

versión On-line ISSN 1982-4513

Resumen

TRENTIN, Romario; SANTOS, Leonardo José Cordeiro  y  ROBAINA, Luís Eduardo de Souza. Compartimentação geomorfológica da bacia hidrográfica do Rio Itu: oeste do Rio Grande do Sul - Brasil. Soc. nat. [online]. 2012, vol.24, n.1, pp. 127-142. ISSN 1982-4513.  http://dx.doi.org/10.1590/S1982-45132012000100011.

A geomorfologia utiliza a identificação das formas de relevo, por meio de estudo de sua origem, estrutura, natureza das rochas, clima e dos fatores endógenos e exógenos responsáveis pelo modelado ou formação de determinados elementos da superfície terrestre. Neste sentido, estabeleceu-se uma proposta de compartimentação geomorfológica da bacia hidrográfica do Rio Itu. Como base metodológica do trabalho, utilizou-se a proposta de Ross (1990, 1992), os mapas e as discussões apresentadas por Robaina et. al (2010) no estudo da bacia hidrográfica do Rio Ibicui. No levantamento cartográfico, adotaram-se cartas topográficas 1:50.000, imagens de satélite e trabalhos de campo. Foram determinados os atributos da rede de drenagem, as características do relevo, o substrato geológico e os tipos de solos. A integração dos dados e a compilação dos mapas permitiram a definição dos diferentes níveis taxonômicos. Nos três primeiros níveis de compartimentação, utilizou-se, como base, a bacia hidrográfica do Rio Ibicuí. A partir do quarto nível taxonômico, estabeleceram-se as unidades geomorfológicas especificamente para a bacia hidrográfica do Rio Itu (BHRI), onde foram definidas oito unidades de formas de relevo: Colinas de arenito, Morrotes de arenito, Cornijas de arenito, Rampa alúvio colúvio, Colinas vulcânicas de topo plano, Relevo escarpado, Morrotes de rocha vulcânica e Colinas de rocha vulcânica. No quinto e sexto níveis, são apresentadas as formas das vertentes e as feições características das unidades de relevo, sendo mais frequentes as curvaturas retilíneo-convergentes e as feições de areiais e voçorocas. A análise geomorfológica apresenta elementos fundamentais ao gerenciamento do meio e, portanto, é uma ferramenta indispensável ao planejamento ambiental.

Palabras llave : Compartimentação geomorfológica; Bacia Hidrográfica; Voçorocas; Areais.

        · resumen en Inglés     · texto en Portugués     · pdf en Portugués