SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.33 número6Caracterização patogênica e molecular de Plasmodiophora brassicaeVariabilidade de isolados de Myrothecium roridum provenientes de meloeiro cultivado no Estado do Rio Grande do Norte índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Tropical Plant Pathology

versão On-line ISSN 1983-2052

Resumo

AMARAL, Daniel R. et al. Silicato de potássio na proteção do cafeeiro contra Cercospora coffeicola. Trop. plant pathol. [online]. 2008, vol.33, n.6, pp. 425-431. ISSN 1983-2052.  http://dx.doi.org/10.1590/S1982-56762008000600004.

O objetivo deste trabalho foi estudar o efeito de doses de silicato de potássio em condições de casa de vegetação e campo, na proteção do cafeeiro contra Cercospora coffeicola, além de avaliar o efeito do silicato de potássio nas atividades de peroxidase, polifenoloxidase, e no conteúdo de pigmentos e lignina solúvel em ácido. Utilizou-se em casa de vegetação o silicato de potássio nas doses de 0,75; 1,5; 3,0; 6,0 mL/L de água. Em casa de vegetação, a dose de 1,5 mL/L proporcionou maior proteção da cercosporiose em mudas de cafeeiro, sendo esta dose utilizada no campo e nas determinações bioquímicas. No campo, o silicato de potássio proporcionou proteção de 31% em relação à testemunha, ao passo que o fungicida epoxiconazole + piraclostrobin proporcionou proteção de 61%. Parte desta proteção conferida por silicato de potássio pode ser explicada pelo aumento nas atividades de peroxidases, polifenoloxidases e o maior acúmulo de lignina.

Palavras-chave : Coffea arabica; silício; lignina; manejo de fitodoença.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · pdf em Português