SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.34 número5In vitro assessment of sensitivity to benomyl of Colletotrichum spp. isolates associated with Gala leaf spot of apple índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Tropical Plant Pathology

versión On-line ISSN 1983-2052

Resumen

COUTO, Erick F; COELHO, Rildo S.B; SUASSUNA, Nelson D  y  OLIVEIRA, Sônia M.A. Avaliação de indutores de resistência em algodoeiro a murcha de fusário: atividade enzimática e índice de infecção. Trop. plant pathol. [online]. 2009, vol.34, n.5, pp. 352-356. ISSN 1983-2052.  http://dx.doi.org/10.1590/S1982-56762009000500011.

Os indutores de resistência acibenzolar-S-metil, metil jasmonato e fosfato de potássio (K2HPO4), nas concentrações de 0,2 g/L, 0,1 mL/L e 0,1 M, respectivamente, foram testados em plântulas de algodoeiro (cv. BRS Cedro), para o controle de Fusarium oxysporum f. sp. vasinfectum. Foram realizadas uma e duas aplicações com todos os indutores em plântulas com e sem inoculação do fitopatógeno. Constatou-se que o menor índice de infecção foi obtido com o uso do metil jasmonato aplicado duas vezes. Amostras de folhas e caule foram avaliadas quantitativamente para as enzimas β-1,3-glucanase, peroxidase e quitinase. As plantas testemunhas sem inoculação apresentaram as maiores atividades das enzimas peroxidase e β-1,3-glucanase no caule. Nas folhas das plantas que receberam os tratamentos com metil jasmonato (uma aplicação com inoculação), a atividade das enzimas peroxidase e quitinase foram as maiores. Nas amostras de caule não houve atividade detectada da enzima quitinase.

Palabras llave : Fusarium oxysporum f.sp. vasinfectum; PR proteínas; eliciadores.

        · resumen en Inglés     · texto en Portugués     · pdf en Portugués