SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.35 número3Espécies de Alternaria associadas com 'podridão do coração' de pêssego na ArgentinaAplicação foliar de silicato de potássio, acibenzolar-S-metil e fungicidas na redução da mancha de Pestalotia em morango índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Tropical Plant Pathology

versão impressa ISSN 1982-5676

Resumo

BORGES, Dárcio C.; MACHADO, Andressa C.Z.  e  INOMOTO, Mário M.. Reação de aveias a Pratylenchus brachyurus. Trop. plant pathol. [online]. 2010, vol.35, n.3, pp. 178-181. ISSN 1982-5676.  http://dx.doi.org/10.1590/S1982-56762010000300007.

As aveias preta (Avena strigosa), branca (A. sativa) e amarela (A. byzantina) são plantadas na região Sul do Brasil, para produção de grãos, forragem verde, feno, silagem ou palhada. Para formação de palhada, nos sistemas plantio direto (SPD) e integração lavoura pecuária (SILP), é de suma importância que o genótipo de aveia utilizado não cause a elevação populacional de nematoides importantes para as culturas de verão. Em função da atual importância de Pratylenchus brachyurus a várias culturas no Brasil, dois experimentos foram realizados em casa de vegetação com o objetivo de avaliar a reação de aveias a esse nematoide. A populações iniciais (Pi) foram 92 espécimes/parcela no experimento 1 e 270 no experimento 2. Ao final dos períodos experimentais (86 dias após a inoculação no experimento 1 e 67 dias no 2), estimou-se a população final (Pf) de P. brachyurus e determinou-se o fator de reprodução (FR = Pf/Pi). Verificou-se que a aveia preta (FR = 0,04-1,03) é mais indicada que a aveia amarela (FR = 2,63-2,88) e a branca (FR = 1,37-1,93) para o manejo de P. brachyurus.

Palavras-chave : Avena byzantina; Avena sativa; Avena strigosa; manejo; nematoide-das-lesões; plantio direto.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · pdf em Português