SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.30 número4Gravedad de las intoxicaciones por insecticidas inhibidores de colinesterasa en el noroeste del estado do Paraná, BrasilLa maternidad en la adolescencia: sueño realizado y las expectativas para el futuro índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Revista

Articulo

Indicadores

Links relacionados

Compartir


Revista Gaúcha de Enfermagem

versión On-line ISSN 1983-1447

Resumen

BERGAN, Carla; BURSZTYN, Ivani; SANTOS, Mauro César de Oliveira  y  TURA, Luiz Fernando Rangel. Humanização: representações sociais do hospital pediátrico. Rev. Gaúcha Enferm. (Online) [online]. 2009, vol.30, n.4, pp.656-661. ISSN 1983-1447.  http://dx.doi.org/10.1590/S1983-14472009000400011.

Este trabalho visa investigar os aspectos da arquitetura e ambiente construído no processo de humanização do hospital pediátrico e sua influência na recuperação da criança hospitalizada. Baseando-se na Teoria das Representações Sociais, procedeu-se à análise estrutural, utilizando associação livre de palavras e questionários semi-estruturados na coleta de dados. O estudo foi realizado em um hospital público do Rio de Janeiro e os resultados apresentados referem-se às representações produzidas por 75 acompanhantes dos pacientes. No núcleo central da representação aparece o elemento "atendimento", enquanto "reforma", "medicamentos", "organização" e "carinho" aparecem no sistema periférico. A humanização para estes sujeitos parece estar fortemente ligada ao direito à saúde e acesso aos serviços. Porém, aspectos que modalizam a qualidade do atendimento, e que têm sido arrolados como humanização, não são negligenciados. Os resultados permitem estabelecer recomendações para o aprimoramento dos programas arquitetônicos para o hospital contemporâneo e para a qualidade do serviço.

Palabras clave : Humanização da assistência; Arquitetura hospitalar; Hospitais pediátricos.

        · resumen en Español | Inglés     · texto en Portugués     · Portugués ( pdf epdf )

 

Creative Commons License Todo el contenido de esta revista, excepto dónde está identificado, está bajo una Licencia Creative Commons