SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.32 issue3Female teenager students: knowledge abortion complicationsThe humanization of birth: perception of health professionals working in the delivery author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Gaúcha de Enfermagem

On-line version ISSN 1983-1447

Abstract

CARMO, Dilce Rejane Peres do et al. Adolescente que cumpre medida socioeducativa: modos de ser no cotidiano e possibilidades para enfermagem. Rev. Gaúcha Enferm. (Online) [online]. 2011, vol.32, n.3, pp. 472-478. ISSN 1983-1447.  http://dx.doi.org/10.1590/S1983-14472011000300006.

Objetivou compreender o cotidiano do ser-adolescente que cumpre medida socioeducativa de semiliberdade. Investigação fenomenológica, desenvolvida em unidade da Fundação de Atendimento Socioeducativo, no Rio Grande do Sul. A entrevista foi desenvolvida com nove adolescentes, entre fevereiro e maio de 2009. A análise heideggeriana des-velou que vivenciar a medida socioeducativa significa uma prisão, algo ruim. Sabe que não está no sistema penitenciário por conta da idade e re-conhece que jogou fora sua adolescência. Na instituição vai à escola para aprender algo, para arrumar algum trabalho. Mostra-se no modo de ser do falatório, ambiguidade e ocupação. Conclui-se que o adolescente está-lançado naquilo que está determinado, mantém-se na impessoalidade. Para reinserção social precisa de ajuda do sistema socioeducativo, mediado pelo trabalho interdisciplinar, rede de apoio de co-responsabilidade da família, comunidade e Estado.

Keywords : Saúde do adolescente; Adolescente institucionalizado; Filosofia em enfermagem.

        · abstract in English | Spanish     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese