SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.32 issue3Work capacity of nurses in a university hospitalContribution of cultural resources for Community Integrative Therapy in the vision of therapist author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Gaúcha de Enfermagem

On-line version ISSN 1983-1447

Abstract

UCHIMURA, Nelson Shozo et al. Conhecimento, aceitabilidade e uso do método billings de planejamento familiar natural. Rev. Gaúcha Enferm. (Online) [online]. 2011, vol.32, n.3, pp. 516-523. ISSN 1983-1447.  http://dx.doi.org/10.1590/S1983-14472011000300012.

Estudo observacional, quantitativo analítico que objetivou verificar o conhecimento, a aceitabilidade e o uso do planejamento familiar natural (PFN) pelos pacientes em um hospital universitário no período de julho a novembro de 2008. Os dados foram coletados utilizando questionário estruturado e analisados através dos Programas Excel e Statistica 8.0. Das 113 mulheres entrevistadas, 70 (62%) aceitavam o método e 1 (0,9%) fazia o uso rotineiro. A aceitação foi maior entre as que desejavam engravidar no futuro quando comparadas aquelas que não desejavam engravidar. A aceitabilidade foi estatisticamente significativa (p=0,0147) entre as 28 (80%) não usuárias de métodos contraceptivos comparadas a 42 (53,8%) com algum método contraceptivo. Fatores como idade, escolaridade, número de filhos vivos e religião não apresentaram associação estatística com a aceitabilidade do PFN. A aceitabilidade do método de ovulação Billings é adequada, porém com pouco uso na prática por falta de informação pelos profissionais da saúde da verdadeira eficácia e aplicabilidade.

Keywords : Métodos naturais de planejamento familiar; Anticoncepção; Previsão da ovulação.

        · abstract in English | Spanish     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese