SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.34 número3Estado de saúde percebido e adesão farmacológica em pacientes submetidos à intervenção coronária percutâneaImplicações da visibilidade da enfermagem no exercício profissional índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Gaúcha de Enfermagem

versão On-line ISSN 1983-1447

Resumo

SILVA, Marcelo Henrique da et al. O cotidiano do homem que convive com a úlcera venosa crônica: estudo fenomenológico. Rev. Gaúcha Enferm. [online]. 2013, vol.34, n.3, pp.95-101. ISSN 1983-1447.  http://dx.doi.org/10.1590/S1983-14472013000300012.

A úlcera venosa crônica constitui o maior problema terapêutico das lesões de membros inferiores, podendo desencadear mudanças na vida diária da pessoa por ela acometida. Objetivou-se compreender o cotidiano do homem que convive com a úlcera venosa crônica. Estudo fenomenológico realizado com oito homens, entrevistados em junho e julho de 2012. As categorias identificadas, "Restrições na vida social" e "Recuperar a integridade da pele e retomar as atividades afetadas pela ferida", revelam que a convivência do homem com a ferida produz repercussões no âmbito produtivo e na sexualidade. Isso o leva a restrições na vida cotidiana, com prejuízo no desempenho de papéis socialmente estabelecidos para o gênero masculino, o que desperta no homem a ansiedade pela retomada das atividades prejudicadas. Os achados sinalizam aspectos vivenciais relevantes que podem orientar os profissionais no planejamento e execução de ações de saúde voltadas para essa clientela.

Palavras-chave : Úlcera varicosa; Enfermagem; Pesquisa qualitativa.

        · resumo em Espanhol | Inglês     · texto em Português | Inglês     · Português ( pdf ) | Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons