SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.35 issue3Assessment of user embracement with risk rating in emergency hospital servicesKnowledge, attitudes and practices for the prevention of diabetic foot author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Gaúcha de Enfermagem

On-line version ISSN 1983-1447

Abstract

BRISCHILIARI, Adriano; BESSA, Jacqueline Botura; WAIDMAN, Maria Angélica Pagliarini  and  MARCON, Sonia Silva. Concepção de familiares de pessoas com transtorno mental sobre os grupos de autoajuda. Rev. Gaúcha Enferm. [online]. 2014, vol.35, n.3, pp.29-35. ISSN 1983-1447.  http://dx.doi.org/10.1590/1983-1447.2014.03.41015.

O objetivo foi compreender como os familiares de pessoas com transtorno mental concebem a atuação do grupo de autoajuda (GA). Estudo de abordagem qualitativa realizado com onze familiares participantes de um GA da Associação Maringaense de Saúde Mental. Os dados foram coletados no período de abril a junho de 2010, durante as reuniões do grupo, em sala anexa, por meio de entrevistas semiestruturadas e, em seguida, submetidos à análise de conteúdo. Emergiram duas categorias: "O grupo supre deficiências da assistência", que aponta as lacunas dos serviços formais de assistência e os benefícios do GA para os familiares; e "O cuidado idealizado", que revela a expectativa dos familiares em relação à atenção em saúde mental. Conclui-se que os familiares almejam que as atividades desenvolvidas pelo GA sejam incorporadas pelos serviços de assistência em saúde mental e que o cuidado à família passe a integrar o plano de assistência.

Keywords : Enfermagem; Família; Saúde mental; Grupos de autoajuda.

        · abstract in English | Spanish     · text in English | Portuguese     · English ( pdf ) | Portuguese ( pdf )