SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.36 número3Perfil diagnóstico de enfermagem de pacientes hospitalizados em unidade de infectologiaDocência no ensino superior em enfermagem: revisão integrativa de literatura índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Gaúcha de Enfermagem

versão On-line ISSN 1983-1447

Resumo

VALE, Luana Dantas et al. Preferência e fatores associados ao tipo de parto entre puérperas de uma maternidade pública. Rev. Gaúcha Enferm. [online]. 2015, vol.36, n.3, pp.86-92. ISSN 1983-1447.  http://dx.doi.org/10.1590/1983-1447.2015.03.50032.

Objetivo:

Identificar os fatores obstétricos e socioeconômicos que influenciam a preferência pelo tipo de parto. A coleta de dados se deu por meio de entrevista semiestruturada com 233 puérperas.

Método:

Analisaram-se os dados por meio dos testes de associação do tipo teste qui-quadrado e regressão logística múltipla.

Resultados:

A preferência pelo parto vaginal foi citada por 58% das mulheres. As principais justificativas que apontaram essa preferência foram a recuperação pós-parto rápida, experiência negativa no parto cesáreo e realização pessoal a partir da maternidade. Ao analisar o modelo de regressão logística da preferência pelo parto vaginal em função das variáveis independentes, evidenciou-se maior ocorrência nas mulheres que tiveram experiência anterior desse tipo de parto (RP: 1,91; IC: 1,15-3,17) e orientação prévia (RP: 1,76; IC:1,06-2,90).

Conclusão:

Achados evidenciam necessidade de transformação no modelo de atenção à gestação e ao parto.

Palavras-chave : Parto; Percepção; Saúde da mulher.

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Português | Inglês     · Português ( pdf ) | Inglês ( pdf )