SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.30 número1FITORREGULADORES NA FERTILIDADE DE GEMAS E QUALIDADE DE CACHOS DA ‘THOMPSON SEEDLESS’ ENXERTADA SOBRE ‘RAMSEY’REBROTA E CRESCIMENTO DO NIM APÓS O CORTE EM SOLO SALINO - SÓDICO TRATADO COM INSUMOS ORGÂNICOS índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Caatinga

versão impressa ISSN 0100-316Xversão On-line ISSN 1983-2125

Resumo

CASTILHOS, RODOLFO VARGAS et al. SELETIVIDADE DE INSETICIDAS EMPREGADOS NA PERSICULTURA PARA LARVAS DE Chrysoperla externa (NEUROPTERA: CHRYSOPIDAE) EM SEMICAMPO. Rev. Caatinga [online]. 2017, vol.30, n.1, pp.109-115. ISSN 0100-316X.  https://doi.org/10.1590/1983-21252017v30n112rc.

A seletividade de cinco inseticidas utilizados em pomares de pessegueiro foi avaliada sobre larvas do predador Chrysoperla externa (Hagen) (Neuroptera: Chrysopidae) por meio de bioensaio conduzido em semicampo. O bioensaio baseou-se na contagem do número de larvas capturadas após liberação em plantas de pessegueiro tratadas com os inseticidas (% de ingrediente ativo na calda) deltametrina (0,001), fentiona (0,050), fosmete (0,100), lufenurom (0,005) e malationa (0,200). Para captura das larvas nas plantas tratadas foram utilizados dez cartões-isca contendo ovos de Anagasta kuehniella (Zeller) (Lepidoptera: Pyralidae), sendo cinco fixados na copa e cinco fixados no solo ao redor do caule. Uma barreira de proteção composta por chapa de aço galvanizado foi utilizada em cada planta para evitar a perda de larvas. O número de larvas alimentando-se nos cartões foi mensurado durante quatro dias. Em função do número de larvas capturadas, o efeito de cada inseticida foi calculado e classificado nas categorias de toxicidade segundo a “International Organization for Biological and Integrated Control of Noxious Animals and Plants” (IOBC). Baseado no efeito observado, o regulador de crescimento lufenurom foi inofensivo, enquanto os neurotóxicos deltametrina e malationa foram pouco tóxicos, e fentiona e fosmete foram moderadamente tóxicos a larvas de C. externa em condições de semicampo. Desta forma, lufenurom deve ser recomendado no manejo integrado de pragas a fim de se preservar esta espécie de predador em pomares de pessegueiro.

Palavras-chave : Controle biológico; Crisopídeo; Controle químico; Prunus persica L...

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )