SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.31 número2ARMAZENAMENTO PÓS-COLHEITA DE FRUTOS DO MAMOEIRO RECOBERTOS COM EXTRATOS DAS FOLHAS E FRUTOS DO NIMTROCAS GASOSAS E EFICIÊNCIA FOTOQUÍMICA DE GENÓTIPOS DE FAVA CULTIVADOS EM SOLO COMPACTADO índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Caatinga

versão impressa ISSN 0100-316Xversão On-line ISSN 1983-2125

Resumo

LIMA, NADIELAN DA SILVA et al. RENDIMENTO E CARACTERÍSTICAS NUTRICIONAIS DO PIMENTÃO CULTIVADO SOB ESTRESSE SALINO EM SISTEMA HIDROPONICO. Rev. Caatinga [online]. 2018, vol.31, n.2, pp.297-305. ISSN 0100-316X.  https://doi.org/10.1590/1983-21252018v31n205rc.

A irrigação com águas salobra, frequente na região semiárida do nordeste brasileiro, potencializa o processo de salinização do solo nessas áreas. O cultivo hidropônico destaca-se como uma importante estratégia de convivência com o semiárido, uma vez que as culturas apresentam maior tolerância ao estresse salino nestas condições de cultivo, as quais minimizam os efeitos da salinização dos solos. O objetivo deste trabalho foi avaliar os efeitos da salinidade sobre o crescimento, produção e nutrição mineral de pimentão em cultivo hidropônico utilizando água salina em substrato de fibra de coco. O experimento foi conduzido em Recife, Pernambuco, Brasil (8°3'15'' S, 34°52'53'' W). Foi utilizado o delineamento experimental em blocos casualizados com fatorial 5x2, com cinco repetições, consistindo em cinco níveis de salinidade da solução nutritiva (2,0; 3,5; 4,5; 5,5 e 6,5 dS m-1) e duas cultivares de pimentão (Bruno e Rúbia). O incremento dos níveis de salinidade da solução nutritiva diminuiu a produção de frutos das cultivares avaliadas, reduziu os teores de potássio, fósforo e enxofre e aumentou os teores de sódio e cloro no tecido foliar. O teor de Ca da cv. Bruno decresceu em função do aumento da salinidade, e a apresentou aumento na cv. Rúbia. A cv. Rúbia destacou-se pela maior produtividade e maior eficiência na seletividade iônica, sendo capaz de acumular mais potássio e cálcio, e manter menores teores de Na e Cl. A produtividade da cv. Rúbia (39,9 t ha-1) quando cultivada em solução com condutividade elétrica de até 3,5 dS m-1 , indica a viabilidade potencial de seu cultivo em condições hidropônicas.

Palavras-chave : Capsicum annuum; Tolerância à salinidade; Nutrição mineral; Seletividade iônica; Sódio; Cloreto.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )