SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.31 issue4FERTIGATION OF SUNFLOWER CROPS USING LANDFILL LEACHATESUGARCANE CROPS WITH CONTROLLED WATER DEFICIT IN THE SUB-MIDDLE SÃO FRANCISCO VALLEY, BRAZIL author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Caatinga

Print version ISSN 0100-316XOn-line version ISSN 1983-2125

Abstract

TAVARES, PATRICIA DIAS et al. QUALIDADE DO SOLO SOB SISTEMAS AGROFLORESTAIS E AGRICULTURA TRADICIONAL NO BIOMA FLORESTA ATLÂNTICA. Rev. Caatinga [online]. 2018, vol.31, n.4, pp.954-962. ISSN 0100-316X.  http://dx.doi.org/10.1590/1983-21252018v31n418rc.

Esse estudo avaliou a influência dos sistemas agroflorestais e da agricultura tradicional sobre os atributos físicos e biológicos do solo, utilizando como referência uma área de floresta nativa em Paraty, RJ. Foram analisados os teores do carbono orgânico total do solo e suas frações oxidáveis, a estabilidade dos agregados, além da atividade e os teores de carbono e nitrogênio da biomassa microbiana do solo, na camada de 0-5 cm, em duas épocas (seca e chuvosa) distintas. Os sistemas agroflorestais e a agricultura tradicional mantêm níveis elevados de carbono orgânico total e seu armazenamento em frações mais estáveis. Quando comparados à área de Floresta, esses sistemas proporcionam as mesmas condições para a agregação do solo. A biomassa microbiana foi mais responsiva as variações de manejo e sazonalidade. A implantação de sistemas agroflorestais contribui para a formação de uma matriz agrícola mais diversificada, promovendo melhorias na qualidade do solo e conexão com os remanescentes florestais próximos.

Keywords : Conhecimento local; Agregação do solo; Biomassa microbiana do solo; Carbono orgânico do solo..

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )