SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.32 número1DIVERSIDADE GENÉTICA ENTRE E DENTRO DE POPULAÇÕES DE FEIJÃO-BRAVO (Capparis flexuosa L.) USANDO MARCADORES RAPDPOTENCIAL TÓXICO DE Esenbeckia pumila Pohl (Rutaceae) SOBRE Artemia salina E Atta sexdens rubropilosa índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Caatinga

versão impressa ISSN 0100-316Xversão On-line ISSN 1983-2125

Resumo

SILVA, Gutierres Nelson et al. QUALIDADE PÓS-COLHEITA DE FRUTOS DE MACAÚBA OZONIZADOS PARA A PRODUÇÃO BIODIESEL. Rev. Caatinga [online]. 2019, vol.32, n.1, pp.92-100.  Epub 09-Maio-2019. ISSN 0100-316X.  http://dx.doi.org/10.1590/1983-21252019v32n110rc.

A presença de micro-organismo, especialmente durante o armazenamento, pode levar à deterioração rápida dos frutos de macaúba (Acrocomia aculeata) e reduzir a qualidade do óleo extraído para a produção de biodiesel. Uma alternativa para garantir a qualidade do óleo é o uso de gás ozônio, um poderoso agente oxidante que possui alto poder antimicrobiano e sanitizante. O objetivo deste estudo foi avaliar a influência do ozônio gasoso em alta concentração (18,0 mg L-1) em frutos de macaúba (com e sem epicarpo) e seu efeito sobre a qualidade do óleo durante todo o armazenamento para a produção de biodiesel. A ozonização foi realizada 20 dias após a colheita, utilizando frutas com e sem epicarpo. O ozônio foi aplicado na concentração de 18,0 mg L-1 e fluxo de 1,5 L min-1 durante 10 h. Após a ozonização, os frutos foram armazenados por diferentes períodos e foram avaliados os parâmetros físico-químicos do óleo. A ozonização de frutos sem epicarpo reduziu visualmente o ataque de micro-organismos. Em geral, o processo de ozonização de frutos de macauba manteve as características visuais dos frutos e físico-químicas do óleo para produção de biodiesel em relação ao controle não tratado. Os valores médios de acidez do óleo foram menores nos tratamentos com o gás ozônio. A remoção do epicarpo tende a facilitar o processo de ozonização, já que a retirada pode facilitar a penetração do gás no fruto.

Palavras-chave : Acrocomia aculeate; Armazenamento; Gás ozônio; Óleo.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )