SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.32 número3CURVA DE ACÚMULO DE MATÉRIA SECA E DE NUTRIENTES PELA CULTURA DO REPOLHOPOTENCIAL AGRONÔMICO E DIVERSIDADE GENÉTICA DE VARIEDADES TRADICIONAIS DE FEIJÃO-CAUPI DO ESTADO DO CEARÁ índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Caatinga

versão impressa ISSN 0100-316Xversão On-line ISSN 1983-2125

Resumo

TORRES, GUSTAVO RUBENS DE CASTRO et al. TERMOTERAPIA COMO AGENTE REDUTOR DE CONTAMINANTES MICROBIANOS NA MICROPROPAGAÇÃO DO BAMBU. Rev. Caatinga [online]. 2019, vol.32, n.3, pp.690-697.  Epub 21-Out-2019. ISSN 0100-316X.  http://dx.doi.org/10.1590/1983-21252019v32n313rc.

O objetivo da pesquisa foi avaliar a eficácia da termoterapia por calor úmido em segmentos nodais para reduzir a incidência de contaminantes microbianos na fase de introdução da propagação in vitro de Bambusa vulgaris. Dois experimentos independentes foram conduzidos em delineamento inteiramente casualizado, em arranjo fatorial 4 × 2, quatro níveis de temperatura (25, 30, 40 e 50 °C) × dois intervalos de tempo de exposição ao tratamento (5 ou 10 minutos). Cada tratamento foi composto por nove repetições correspondentes a um segmento nodal de uma gema obtido de ramo primário ou secundário, em meio de Murashige e Skoog sem sacarose, com metade da concentração de sais, suplementado com 6,5 mg L-1 de ágar, 50 mg L-1 de ácido cítrico, 50 mg L-1 de ácido ascórbico, 200 mg L-1 de cloranfenicol e 2 mg L-1 de N6-benzilaminopurina. Isolamento de fungos filamentosos prevalentes nas repetições foi realizado, e, a partir de microcultivos, identificados ao nível de gênero. Os tratamentos correspondentes a 50 °C por 5 min e por 10 min reduziram significativamente a contaminação fúngica que ocorreu em 11% e 0%, respectivamente, nos segmentos nodais de ramos primários e em 0% e 11%, respectivamente, nos secundários. Fungos dos gêneros Alternaria, Bipolaris e Curvularia foram isolados de segmentos nodais dos dois tipos de ramos e Cladosporium apenas de ramos secundários. Os baixos percentuais de crescimento micelial em segmentos nodais submetidos a ambos binômios demonstraram a eficácia da técnica em reduzir a contaminação fúngica apesar da interferência negativa sobre a brotação.

Palavras-chave : Tratamento térmico; Microrganismos; Bambusa vulgaris.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )