SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.32 número4CARACTERIZAÇÃO DE RIZÓBIOS E FUNGOS MICORRÍZICOS ARBUSCULARES EM ÁREAS IMPACTADAS PELA EXPLORAÇÃO DE PIÇARRA NA CAATINGASORGO FORRAGEIRO SUBMETIDO A DISPONIBILIDADE DE ÁGUA EM NEOSSOLO FLÚVICO índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Caatinga

versão impressa ISSN 0100-316Xversão On-line ISSN 1983-2125

Resumo

SANTOS, FRANCISCO SILDEMBERNY SOUZA DOS et al. CRESCIMENTO E PRODUÇÃO DO PIMENTÃO SEMI-HIDROPÔNICO SOBREJEITO DE DESSALINIZADORES E FERTILIZAÇÃO ORGÂNICA E MINERAL. Rev. Caatinga [online]. 2019, vol.32, n.4, pp.1005-1014.  Epub 24-Jan-2020. ISSN 1983-2125.  http://dx.doi.org/10.1590/1983-21252019v32n417rc.

O rejeito de dessalinizadores surge como uma fonte alternativa, principalmente quando aliado à técnica da hidroponia e da adubação com fonte orgânica e mineral. Objetivou-se avaliar os efeitos do uso do rejeito da dessalinização em sistema semi-hidropônico do tipo aberto na produtividade de plantas de pimentão fertilizadas com adubo orgânico e mineral. A pesquisa foi conduzida em sistemasemi-hidropônico tipo aberto no IFCE, Campus Limoeiro do Norte, CE. O delineamento experimental foi o de blocos casualizados em esquema fatorial 5 x 4, referentes as diferentes concentrações de água salina (0,5; 1,5; 3,0; 5,0; e 7,5 dS m-1) e quatro formas de aplicações de fertilizantes na solução nutritiva (F1 = 50% da dose recomendada; F2 = 100% da dose recomendada e F3 = 150% da dose recomendada com fonte orgânica e F4 = 100% da dose recomendada com fonte mineral, com 4 repetições. Foram analisadas as seguintes variáveis: número de folhas, altura de plantas, área foliar, número de frutos por planta, comprimento e largura do fruto e a produção. A forma de adubação F3 (150% da dose recomendada com fonte orgânica) seguido da F4 (100% da dose recomendada com fonte mineral) e da F1 (50% da dose recomendada com fonte orgânica) atenuaram o efeito deletério da água do rejeito salino no crescimento do pimentão cultivado em sistema semi-hidropônico. A forma de adubação F4 (100% da dose recomendada com fonte mineral) proporciona maior desempenho produtivo da cultura do pimentão cultivada em sistema semi-hidropônico irrigada com água de rejeito salino.

Palavras-chave : Estresse salino; Capsicumannuum L; Nutrição mineral.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )