SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.23 número2Crianças desnutridas pregressas, com sobrepeso e obesas apresentam desempenho motor pobre índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista da Educação Física / UEM

versão On-line ISSN 1983-3083

Resumo

VITOR-COSTA, Marcelo et al. A estimulação transcraniana por corrente contínua como recurso ergogênico: uma nova perspectiva no meio esportivo . Rev. educ. fis. UEM [online]. 2012, vol.23, n.2, pp.167-174. ISSN 1983-3083.  https://doi.org/10.4025/reveducfis.v23i2.10670.

Nas duas últimas décadas tem-se verificado um considerável aumento no interesse de um grande número de pesquisadores em investigar o potencial de diferentes recursos ergogênicos que possam contribuir na melhoria do desempenho físico de atletas de diferentes modalidades. Grande parte dos estudos tem focado os mecanismos subjacentes ao desenvolvimento da fadiga, pelo fato de que este fenômeno complexo é considerado um fator limitante do desempenho esportivo. Sendo assim, recursos ergogênicos que são eficientes em protelar o desenvolvimento da fadiga podem melhorar o desempenho esportivo. Apesar de haver muitas discussões sobre a fadiga, sua causa exata ainda é um assunto controverso. Apesar disso, tem sido sugerido que mecanismos corticais podem estar envolvidos e que estudos sobre a modulação de regiões cerebrais específicas podem trazer respostas valiosas para entender melhor este fenômeno. Atualmente, a estimulação transcraniana por corrente contínua (ETCC) vem sendo utilizada como uma ferramenta não invasiva capaz de modular a excitabilidade de regiões específicas do córtex cerebral. Dados preliminares têm demonstrado que a ETCC anódica é capaz de aumentar a excitabilidade do córtex motor por até uma hora após sua aplicação, e também aumentar o tempo até em exercício isométrico até à exaustão. Estes dados sugerem ser provável que a ETCC possa ser utilizada como uma ferramenta em pesquisas sobre mecanismos envolvidos no desenvolvimento da fadiga e, talvez, como um possível recurso ergogênico para atletas.

Palavras-chave : Estimulação transcraniana; Recurso ergogênico; Fadiga.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons