SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.26 issue2PROJECTS AND PRACTICES IN HEALTH EDUCATION ON SCHOOL PHYSICAL EDUCATION: POSSIBILITIES!INFLUENCE OF TRAINING LOADS ON PERFORMANCE AND RECOVERY IN SWIMMERS author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista da Educação Física / UEM

Print version ISSN 0103-3948On-line version ISSN 1983-3083

Abstract

MARTINS-COSTA, Hugo Cesar et al. ANÁLISE DO PERFIL DA FLEXIBILIDADE DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES MENSURADA POR MEIO DE DOIS TESTES. Rev. educ. fis. UEM [online]. 2015, vol.26, n.2, pp.257-265. ISSN 0103-3948.  https://doi.org/10.4025/reveducfis.v26i2.22871.

O objetivo do presente estudo foi mensurar a flexibilidade de crianças e adolescentes de ambos os sexos (7 aos 15 anos de idade), utilizando o teste de Sentar-e-Alcançar (TSA) e outro teste (Banco para a Avaliação da Flexibilidade - BAFLEX) que possibilite controlar as influências das características antropométricas individuais. Participaram do estudo 250 escolares do sexo masculino e feminino, agrupados em cinco faixas etárias: 7, 9, 11, 13, 15 anos. Quando testados pelo TSA, foi verificado um comportamento similar entre os sexos, destacando-se uma diminuição da flexibilidade até os 13 anos e estabilização aos 15 anos de idade. Em relação ao BAFLEX, não foi detectada redução do desempenho, mas sim um aumento da flexibilidade com o avanço da idade. Adicionalmente, as voluntárias apresentaram maiores níveis de flexibilidade que os indivíduos do sexo masculino na faixa etária de 13 anos. O comportamento da flexibilidade foi diferente entre os testes utilizados, reforçando a expectativa de que os resultados do TSA são influenciados por características antropométricas.

Keywords : Aptidão Física; Flexibilidade; Crianças; Adolescentes.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )