SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.44 número1Infecção por Fusarium graminearum e Fusarium verticillioides em sementes de milhoAbordagem multivariada para endogamia e valor fenotípico utilizando diferentes estratégias de cruzamento índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Pesquisa Agropecuária Tropical

versão On-line ISSN 1983-4063

Resumo

CORASSA, Anderson et al. Farelo de biscoito na alimentação de porcas em lactação. Pesqui. Agropecu. Trop. [online]. 2014, vol.44, n.1, pp.42-49. ISSN 1983-4063.  https://doi.org/10.1590/S1983-40632014000100012.

O farelo de biscoito é uma das alternativas que podem ser utilizadas na substituição parcial ou total de ingredientes convencionais, entretanto, é necessário avaliar o impacto de sua inclusão. Assim, foi conduzido um experimento, com o objetivo de avaliar a inclusão de farelo de biscoito em dietas de porcas em lactação. Foram utilizadas 16 porcas em lactação, distribuídas em delineamento inteiramente casualizado, com quatro tratamentos, sendo cada porca considerada uma unidade experimental. Os tratamentos foram compostos por inclusões de 0%, 10%, 20% e 30% de farelo de biscoito, composto por 50% de biscoito do tipo cream cracker e água e sal e 50% do tipo amanteigado, achocolatado e afins. A massa, perda de massa e variação de massa das porcas, ao final da lactação, não diferiram, estatisticamente, entre os diferentes níveis de inclusão do farelo de biscoito. Os tratamentos não alteraram o consumo de ração, produção de leite, espessura de toucinho das porcas e desempenho da leitegada. A análise econômica evidenciou melhores valores para as dietas contendo 20% e 30% de farelo de biscoito. Concluiu-se que a inclusão de farelo de biscoito foi viável até 30%, em dietas para porcas em lactação, não afetando o desempenho da porca e da leitegada.

Palavras-chave : Ração alternativa; leitegada; suínos.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons