SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.47 issue4Influence of plant density and hilling on yield and profitability of arrowroot1Molecular genetic diversity and mating system in sacha inchi progenies1 author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Pesquisa Agropecuária Tropical

On-line version ISSN 1983-4063

Abstract

SANTOS, Lucila Oliveira; MACAMO, Elina Isaque Delane; HADDAD, Fernando  and  SILVA, Harllen Sandro Alves. Atividade de rizobactérias antagonistas a Fusarium oxysporum f. sp. passiflorae em solos cultivados com monocotiledôneas. Pesqui. Agropecu. Trop. [online]. 2017, vol.47, n.4, pp.472-479. ISSN 1983-4063.  https://doi.org/10.1590/1983-40632017v4749752.

Apesar da importância da passicultura no Brasil, essa atividade foi forçada a ser itinerante, devido à ocorrência de doenças nas regiões produtoras, em particular a fusariose. O uso de rizobactérias é uma alternativa de controle potencial, mas outras ações são necessárias para garantir a atividade dessas bactérias no campo. Objetivou-se avaliar a influência de três culturas monocotiledônicas sobre a atividade de rizobactérias antagonistas a Fusarium oxysporum f. sp. passiflorae (Fop). As rizobactérias foram isoladas de maracujazeiro e testadas para a produção de compostos difusíveis e voláteis, bem como quitinases que inibem Fop. De um total de 167 isolados, dois produziram compostos voláteis, 21 compostos difusíveis e 32 quitinases. Três combinações compatíveis de isolados que possuíam pelo menos dois mecanismos de ação contra Fop, e podiam crescer em ampla faixa de pH, foram aplicadas em vasos com sorgo, milho ou milheto, além de vasos em pousio (controle), em casa-de-vegetação. Avaliaram-se o carbono da biomassa microbiana, respiração basal do solo, quociente metabólico e atividade da enzima fosfatase ácida. A interação entre as espécies cultivadas e as combinações de rizobactérias foi significativa apenas para o quociente metabólico, cujos valores tendem a ser superiores no cultivo de milheto na combinação 3 (R77/R95/R104/R120), a mais diversificada metabolicamente. A mais alta atividade de fosfatase ácida também foi obtida com milheto. Os resultados relativos à atividade enzimática e quociente metabólico indicam que o milheto proporciona maior atividade dos antagonistas no solo.

Keywords : Atividade microbiana; maracujá; milheto; controle biológico.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )