SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.27 número2Distribuição de queloide e cicatriz hipertrófica segundo fototipos de pele de FitzpatrickAlterações posturais em cirurgiões provocadas pela atividade profissional índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Cirurgia Plástica

versão impressa ISSN 1983-5175

Resumo

SANTOS, Naiane Paula dos; BARNABE, Anderson Sena; FORNARI, João Victor  e  FERRAZ, Renato Ribeiro Nogueira. Avaliação do nível de dor em pacientes submetidos a cirurgias plásticas estéticas ou reparadoras. Rev. Bras. Cir. Plást. [online]. 2012, vol.27, n.2, pp.190-194. ISSN 1983-5175.  http://dx.doi.org/10.1590/S1983-51752012000200004.

INTRODUÇÃO: Estudos que quantificassem as cirurgias plásticas estéticas e reparadoras e avaliassem a dor pós-cirúrgica decorrente de tais procedimentos permitiriam a criação de protocolos de humanização do atendimento a esses pacientes, possivelmente sensibilizando os profissionais que com eles convivem diariamente. O objetivo deste estudo é avaliar o nível de dor em pacientes submetidos a cirurgias plásticas estéticas ou reparadoras. MÉTODO: Avaliação de 200 prontuários de pacientes operados no Hospital São Rafael (São Paulo, SP, Brasil), observando motivo de realização da cirurgia e quadro de dor. RESULTADOS: O número de pacientes que relatou dor forte ou intensa foi bastante reduzido. Dentre esses pacientes, todos foram submetidos a lipoaspiração, associada ou não à colocação de prótese de mama. CONCLUSÕES: Os protocolos pré, intra e pós-cirúrgicos relacionados aos procedimentos de lipoaspiração devem ser reavaliados, visando à redução da forte dor relatada pelos pacientes submetidos a esse tipo de procedimento.

Palavras-chave : Cirurgia plástica; Dor; Medição da dor.

        · resumo em Inglês     · texto em Português | Inglês     · Português ( pdf ) | Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons