SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.21 número3Criminalização do aborto no Brasil e implicações à saúde públicaAspectos bioéticos da autonomia do idoso índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Bioética

versão impressa ISSN 1983-8042

Resumo

LEGUIZAMON JUNIOR, Teodoro; STEFFANI, Jovani Antônio  e  BONAMIGO, Elcio Luiz. Escolha da via de parto: expectativa de gestantes e obstetras. Rev. Bioét. [online]. 2013, vol.21, n.3, pp.509-517. ISSN 1983-8042.  http://dx.doi.org/10.1590/S1983-80422013000300015.

Os avanços tecnológicos e científicos da medicina, o respeito à autonomia das gestantes e as indicações médicas parecem ter contribuído para o aumento do número de cesarianas. Neste contexto, o objetivo desta pesquisa foi identificar a expectativa de gestantes e médicos obstetras quanto à via de parto. A maioria das gestantes (74,1%) manifestou preferência pelo parto natural, sobretudo as católicas e portadoras de ensino superior completo ou médio incompleto. Entre os obstetras houve preferência pelo parto cesariano (58,3%) e, se fossem instados a aconselhar, todos (100%) recomendariam parto natural. Caso fossem solicitados a rea­lizar cesariana a pedido, 54,5% dos obstetras concordariam de imediato, porém somente 27,3% admitiriam este direito para gestantes do sistema público de saúde. Em conclusão, a expectativa da maioria das gestantes foi pelo parto natural e dos médicos obstetras pela cesárea, contudo estes realizariam parto natural, em condição normal, e cesárea a pedido.

Palavras-chave : Cesárea; Parto natural; Obstetrícia; Autonomia pessoal.

        · resumo em Espanhol | Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons