SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.29 número1A perversão enquanto estrutura e sua incidência na transferênciaAs artes adivinhatórias e a psiquiatria do futuro índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Fractal: Revista de Psicologia

versão On-line ISSN 1984-0292

Resumo

SALES, Adriana; SOUZA, Leonardo Lemos de  e  PERES, Wiliam Siqueira. Travestis brasileiras e escola: problematizações sobre processos temporais em gêneros, sexualidades e corporalidades nômades. Fractal, Rev. Psicol. [online]. 2017, vol.29, n.1, pp.71-80. ISSN 1984-0292.  https://doi.org/10.22409/1984-0292/v29i1/1530.

O presente artigo tem como propósito problematizar os processos de subjetivação relacionados às travestilidades, atravessados pelas novas configurações das expressões de gêneros, sexualidades e corporalidades, em tempos contemporâneos. Neste sentido, tem o locus da escola como cenário para se potencializar linearidades, regularidades e ordens das construções identitárias binárias destes dispositivos diante das provocações disparadas pelas presenças de estudantes travestis e os rompimentos com as lógicas essencialistas, que nada tem a contribuir com as psicologias e produções de ciências comprometidas com as garantias de direitos básicos e sexuais das pessoas nas múltiplas diversidades humanas.

Palavras-chave : temporalidades; travestilidades; escola.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )