SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.20 número1Ehrlichia canis (Jaboticabal strain) induces the expression of TNF-α in leukocytes and splenocytes of experimentally infected dogsFrequency of species of the Genus Eimeria in naturally infected cattle in Southern Bahia, Northeast Brazil índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Revista Brasileira de Parasitologia Veterinária

versión On-line ISSN 1984-2961

Resumen

VIEIRA, Rafael Felipe da Costa et al. Uso de um protocolo de PCR para a detecção de Mycoplasma suis para avaliação de uma população de catetos e queixadas de cativeiro (Tayassu tajacu and Tayassu pecari). Rev. Bras. Parasitol. Vet. (Online) [online]. 2011, vol.20, n.1, pp. 75-77. ISSN 1984-2961.  http://dx.doi.org/10.1590/S1984-29612011000100016.

Mycoplasma suis é uma bactéria hemotrópica dos eritrócitos e é o agente causador da eperitrozoonose suína. O diagnóstico da infecção pode ser realizado pelo exame direto de esfregaços sanguíneos; entretanto, o uso da reação em cadeia da polimerase (PCR) baseada no gene 16S RNA de M. suis aumenta a sensibilidade e especificidade da detecção. O objetivo deste estudo foi avaliar catetos e queixadas (Tayassu tajacu e T. pecari) para a infecção por M. suis, utilizando PCR convencional específico. Um total de 28 amostras de sangue de catetos e queixadas de cativeiro foram coletadas, o DNA foi extraído e a PCR específica para a detecção de M. suis realizada. Todas as amostras foram negativas pelo esfregaço sanguíneo e PCR. Para verificar a presença de DNA amplificável, PCR para o gene da beta actina foi realizada em todas as amostras. Este estudo foi parte de um programa de vigilância ativa, o qual é crucial para o monitoramento do estado de saúde animal, particularmente em espécies selvagens.

Palabras llave : Eperitrozoonose; cateto (Tayassu tajacu); queixada (Tayassu pecari); porcos selvagens.

        · resumen en Inglés     · texto en Inglés     · pdf en Inglés