SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.21 número1Acaricide resistance mechanisms in Rhipicephalus (Boophilus) microplusUse of coccidiostat in mineral salt and study on ovine eimeriosis índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Revista Brasileira de Parasitologia Veterinária

versión On-line ISSN 1984-2961

Resumen

SEBAIO, Fabiane et al. Hemoparasitos em passeriformes da Mata Atlântica Brasileira. Rev. Bras. Parasitol. Vet. [online]. 2012, vol.21, n.1, pp. 7-15. ISSN 1984-2961.  http://dx.doi.org/10.1590/S1984-29612012000100003.

Parasitos podem levar espécies de aves à extinção, afetar as dinâmicas temporais e espaciais dos hospedeiros, alterar a estrutura de comunidades e o status social de indivíduos. Avaliou-se a prevalência e a intensidade de parasitos em famílias e espécies de 925 aves capturadas, entre 2000 e 2001, na Mata Atlântica de Minas Gerais. Foram coradas com Giemsa extensões de sangue para detectar parasitos hematozoários. As aves (n= 15,8%) 11 famílias estavam infectadas por pelo menos um gênero de parasito, especialmente Muscicapidae (28,3%) e Conopophagidae (25%). Entre as 146 aves infectadas, Plasmodium foi detectado em todas as famílias e possuiu a maior prevalência (54,8%). Trypanosoma,Haemoproteus e microfilaria possuíram baixas prevalências (23,3, 23,3 e 2,1%, respectivamente). Aves capturadasdurante a estação chuvosa estavam mais infectadas do que aves capturadas durante a estação seca. A baixa prevalência geral de parasitos do sangue das aves é semelhante aos padrões encontrados em outras localidades da região Neotropical.

Palabras llave : Brasil; microscopia; parasitos; Plasmodium; Trypanosoma; Haemoproteus.

        · resumen en Inglés     · texto en Inglés     · pdf en Inglés