SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.21 issue2Acute phase proteins: a potential approach for diagnosing chronic infection by Trypanosoma vivaxOccurrence of anti-Toxoplasma gondii and anti-Neospora caninum antibodies in cats with outdoor access in São Luís, Maranhão, Brazil author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Parasitologia Veterinária

On-line version ISSN 1984-2961

Abstract

MARTINS, Camila Marinelli et al. Incidência e fatores de risco de parasitas de cães, amostragem após um ano, Pinhais, Brasil. Rev. Bras. Parasitol. Vet. [online]. 2012, vol.21, n.2, pp. 101-106. ISSN 1984-2961.  http://dx.doi.org/10.1590/S1984-29612012000200006.

Animais domésticos em áreas urbanas podem servir de reservatório para zoonoses parasitárias. O objetivo deste trabalho foi monitorar a situação parasitária de cães domiciliados, após um ano, em área urbana de Pinhais, região metropolitana de Curitiba, Estado do Paraná, Brasil. Em maio de 2009, foram coletadas amostras de fezes de 171 cães, realizados raspados cutâneos e pesquisa de carrapatos. Foi aplicado um questionário aos proprietários (sexo, idade, ambiente e uso de vermífugos). Em maio de 2010, 26,3% (45/171) dos cães tiveram as amostras de fezes analisadas novamente. Das amostras de fezes, 33,3% (57/171) em 2009 e 64,4% (29/45) em 2010, foram positivas. As espécies de parasitos mais frequentes em 2009 e 2010 foram, respectivamente, Ancylostoma sp. 66,7 e 44,8% e Strongyloidesstercoralis, 26,3 e 3,4%. Todos os raspados cutâneos foram negativos e nenhum carrapato ou protozoário foi encontrado. Não houve associação estatística (p > 0.05) entre exame positivo e idade, sexo ou ambiente. Somente em 2009, cães com histórico de antiparasitários tiveram 2,3 vezes mais chance de serem negativos. Foi observada grande substituição dos cães após um ano. Dessa forma, estratégias isoladas de tratamento podem obter efeito nulo quanto ao controle de parasitas, haja vista o risco de introdução de novos agentes, limitando estratégias de prevenção dos mesmos.

Keywords : Cão; parasitismo; helminto; saúde pública; zoonoses.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English