SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.22 issue4Leishmania infection in a population of dogs: an epidemiological investigation relating to visceral leishmaniasis controlUse of a negative binomial distribution to describe the presence of Sphyrion laevigatum in Genypterus blacodes author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Brasileira de Parasitologia Veterinária

On-line version ISSN 1984-2961

Abstract

MOURA, Anderson Barbosa de et al. Anticorpos contra Neospora spp. em equinos de duas regiões geográficas do Estado de Santa Catarina, Brasil. Rev. Bras. Parasitol. Vet. [online]. 2013, vol.22, n.4, pp.597-601. ISSN 1984-2961.  https://doi.org/10.1590/S1984-29612013000400023.

O presente estudo objetivou determinar a ocorrência de anticorpos anti-Neospora spp. em equinos das regiões serrana e litorânea de Santa Catarina e identificar possíveis fatores de risco para a infecção. Foram analisadas 615 amostras por meio da reação de imunofluorescência indireta (RIFI ≥1:50). Das 615 amostras, 25 (4,1%) foram positivas para Neospora spp. A recíproca dos títulos de anticorpos anti-Neospora spp. nos equinos foi assim distribuída: 1:50 (13), 1:100 (oito), 1:200 (três) e 1:400 (um). Das 311 amostras da Serra Catarinense, oito foram positivas (2,6%). Das amostras da Região Litorânea (304), 17 apresentaram anticorpos anti-Neospora spp., indicando uma prevalência de 5,6%. Não foi observada diferença estatística significante (P=0,06704) entre as soroprevalências para Neospora spp. em equinos das diferentes regiões, porém os animais do litoral de Santa Catarina apresentaram prevalência 2,2 vezes maior que aqueles da região serrana. O contato dos equinos com cães e/ou bovinos (P=0,007596) foi identificado como fator de risco para infecção por Neospora spp.

Keywords : Neospora spp.; equinos; RIFI; epidemiologia.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )