SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.12 issue4Phenotypic and genetic characterization of partial resistance to crown rust in Avena sativa L.Pollen grain germination and fruit set in 'Brazilian seedless' sugar apple (Annona squamosa L.) author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Crop Breeding and Applied Biotechnology

On-line version ISSN 1984-7033

Abstract

OLIVEIRA, Inocencio Junior de; ZANOTTO, Maurício Dutra; KRIEGER, Milton  and  VENCOVSKY, Roland. Depressão endogâmica em progênies de mamona (Ricinus communis L.). Crop Breed. Appl. Biotechnol. [online]. 2012, vol.12, n.4, pp.269-276. ISSN 1984-7033.  https://doi.org/10.1590/S1984-70332012000400006.

O objetivo do trabalho foi investigar a depressão endogâmica (DE) na mamoneira, espécie de reprodução sexuada mista. De uma população derivada da cultivar Guarani, amostraram-se 60 plantas-mãe. De cada uma foram obtidos três tipos de progênies: de autofecundação (AU), de cruzamentos obrigatórios (CR) e de polinização livre (PL). A produtividade de grãos das progênies for avaliada por meio de experimentos em blocos incompletos em dois locais. Houve forte interação de progênies x locais o que levou a obter estimativas dentro de cada local. Verificou-se ampla variação na depressão endogâmica, com médias de 6,7% e 13,4%, comparando-se as progênies AU com as PL. Verificou-se que a população tem alto potencial para selecionar linhagens promissoras. Foi baixa a freqüência de plantas-mãe gerando progênies com alta capacidade geral de combinação e baixa depressão endogâmica, simultaneamente. Seleção recorrente aumentará a ocorrência de genitoras associando essas duas propriedades, necessárias para obtenção de variedades sintéticas superiores.

Keywords : Mamoneira; depressão endogâmica; variedades sintéticas; interação G x E.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License