SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.45 issue3Carotene and provitamin A content of vegetables sold in Viçosa, MG, Brazil, during spring and winterAction of mouthwashes on Staphylococcus spp: isolated in the saliva of community and hospitalized individuals author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Brazilian Journal of Pharmaceutical Sciences

Print version ISSN 1984-8250

Abstract

RAJENDRAPRASAD, Nagaraju  and  BASAVAIAH, Kanakapura. Determination of olanzapine by spectrophotometry using permanganate. Braz. J. Pharm. Sci. [online]. 2009, vol.45, n.3, pp. 539-550. ISSN 1984-8250.  http://dx.doi.org/10.1590/S1984-82502009000300020.

Dois métodos espectrofotométricos novos, usando o permanganato como o reagente oxidimétrico para a determinação da olanzapina (OLP) foram utilizados e validados de acordo com as diretrizes atuais do ICH. Os métodos envolveram a adição de excesso conhecido de permanganato à OLP em meio ácido ou alcalino, determinando-se o permanganato que não reagiu em 550 nm (método A), ou pela cor verde-azulada do manganato a 610 nm (método B). A diminuição da absorbância no método A ou o aumento da absorbância no método B, em função da concentração de OLP, foi medida e relacionada à concentração de OLP. Sob condições otimizadas, a lei de Beer foi obedecida, nas faixas de concentração de 2,0 a 20 e 1,0 a 10 ao μg mL-1, no método A e no método B, respectivamente. Os valores de absortividade molar foram de 1,34 x 104 e 2,54 x 104 l mol-1cm-1 para o método A e para o método B, respectivamente, e as sensibilidades respectivas de Sandell foram de 0,0233 e 0,0123 μg cm-2. Os LOD e os LOQ para o método A calculados foram 0,37 e 1,13 μg mL-1e os valores correspondentes para o método B foram 0,16 e 0,48 μg mL-1. A precisão intermediária, expressa como RSD, encontrou-se na faixa de 0,51 a 2,66%, e a exatidão, expressa como o erro relativo, variou de 0,79 a 2,24%. Os métodos propostos foram aplicados com sucesso ao ensaio de OLP em comprimidos comerciais, com porcentagens médias de recuperação de 102± 1,59% (método A) e de 101± 1,53% (método B). A exatidão e a confiabilidade dos métodos foram confirmadas executando testes de recuperação através de procedimento padrão de adição.

Keywords : Olanzapina [determinação]; Espectrofotometria; Permanganato; Produtos farmacêuticos.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English