SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.45 issue3Carotene and provitamin A content of vegetables sold in Viçosa, MG, Brazil, during spring and winterAction of mouthwashes on Staphylococcus spp: isolated in the saliva of community and hospitalized individuals author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Brazilian Journal of Pharmaceutical Sciences

On-line version ISSN 2175-9790

Abstract

RAJENDRAPRASAD, Nagaraju  and  BASAVAIAH, Kanakapura. Determination of olanzapine by spectrophotometry using permanganate. Braz. J. Pharm. Sci. [online]. 2009, vol.45, n.3, pp.539-550. ISSN 2175-9790.  http://dx.doi.org/10.1590/S1984-82502009000300020.

Dois métodos espectrofotométricos novos, usando o permanganato como o reagente oxidimétrico para a determinação da olanzapina (OLP) foram utilizados e validados de acordo com as diretrizes atuais do ICH. Os métodos envolveram a adição de excesso conhecido de permanganato à OLP em meio ácido ou alcalino, determinando-se o permanganato que não reagiu em 550 nm (método A), ou pela cor verde-azulada do manganato a 610 nm (método B). A diminuição da absorbância no método A ou o aumento da absorbância no método B, em função da concentração de OLP, foi medida e relacionada à concentração de OLP. Sob condições otimizadas, a lei de Beer foi obedecida, nas faixas de concentração de 2,0 a 20 e 1,0 a 10 ao μg mL-1, no método A e no método B, respectivamente. Os valores de absortividade molar foram de 1,34 x 104 e 2,54 x 104 l mol-1cm-1 para o método A e para o método B, respectivamente, e as sensibilidades respectivas de Sandell foram de 0,0233 e 0,0123 μg cm-2. Os LOD e os LOQ para o método A calculados foram 0,37 e 1,13 μg mL-1e os valores correspondentes para o método B foram 0,16 e 0,48 μg mL-1. A precisão intermediária, expressa como RSD, encontrou-se na faixa de 0,51 a 2,66%, e a exatidão, expressa como o erro relativo, variou de 0,79 a 2,24%. Os métodos propostos foram aplicados com sucesso ao ensaio de OLP em comprimidos comerciais, com porcentagens médias de recuperação de 102± 1,59% (método A) e de 101± 1,53% (método B). A exatidão e a confiabilidade dos métodos foram confirmadas executando testes de recuperação através de procedimento padrão de adição.

Keywords : Olanzapina [determinação]; Espectrofotometria; Permanganato; Produtos farmacêuticos.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf epdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License