SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.48 número1HPLC method for the simultaneous determination of four compounds in rat plasma after intravenous administration of Portulaca oleracea L. extract índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Brazilian Journal of Pharmaceutical Sciences

versão On-line ISSN 2175-9790

Resumo

DEMARCHI, Izabel Galhardo et al. Activity of antiretroviral drugs in human infections by opportunistic agents. Braz. J. Pharm. Sci. [online]. 2012, vol.48, n.1, pp.171-185. ISSN 2175-9790.  http://dx.doi.org/10.1590/S1984-82502012000100019.

A terapia HAART (terapia antirretroviral altamente ativa) é usada em pacientes infectados pelo vírus da imunodeficiência humana (HIV) e demonstrou diminuição significativa de infecções oportunistas, tais como as causadas por vírus, fungos, protozoários e bactérias. O uso da HAART está associado com a reconstituição imunológica e diminuição na prevalência de candidíase oral. A terapia antirretroviral beneficia pacientes co-infectados pelo HIV, vírus herpes humano 8 (HHV-8), vírus Epstein-Barr (EBV), vírus da hepatite B (HBV), parvovírus B19 e citomegalovírus (CMV). A HAART também apresentou redução significativa da incidência e modificou as características da bacteremia por agentes etiológicos, tais como Staphylococcus aureus, espécies não-tifóides de Salmonella, Streptococcus pneumoniae, Pseudomonas aeruginosa, Mycobacterium tuberculosis. A HAART é capaz de modificar significativamente a história natural da criptosporidiose e microsporidiose. HAART pode efetivamente restaurar a imunidade da mucosa, levando à erradicação de Cryptosporidium parvum. Semelhante restauração da resposta imune ocorre em infecções por Toxoplasma gondii. O declínio na incidência de co-infecção leishmaniose visceral/HIV pode ser observada após a introdução da terapia com inibidores da protease. Os resultados atuais são altamente relevantes para a medicina clínica e podem proporcionar diminuição no número de prescrições medicamentosas e, consequentemente, melhor qualidade de vida para pacientes com doenças oportunistas.

Palavras-chave : Terapia antirretroviral altamente ativa; Medicamentos antirretrovirais [atividade]; Infecções oportunistas [tratamento].

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons