SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.49 número3Pharmacoepidemiological profile and polypharmacy indicators in elderly outpatientsSocial inequalities in lawsuits for drugs índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Brazilian Journal of Pharmaceutical Sciences

versão On-line ISSN 2175-9790

Resumo

VALCARCEL-YAMANI, Beatriz; RONDAN-SANABRIA, Gerby Giovanna  e  FINARDI-FILHO, Flavio. The physical, chemical and functional characterization of starches from Andean tubers: oca (Oxalis tuberosa Molina), olluco (Ullucus tuberosus Caldas) and mashua (Tropaeolum tuberosum Ruiz & Pavón). Braz. J. Pharm. Sci. [online]. 2013, vol.49, n.3, pp.453-464. ISSN 2175-9790.  http://dx.doi.org/10.1590/S1984-82502013000300007.

As propriedades físicas, químicas e funcionais de amidos isolados das tuberosas andinas, oca (Oxalis tuberosa M.), olluco (Ullucus tuberosus C.) e mashua (Tropaeolum tuberosum R. & P.), obtidas no comércio local, foram estudadas. A morfologia dos grânulos de amido foi avaliada por microscopia eletrônica de varredura (SEM) revelando formas elipsoidais, ovais, cônicas, periformes e prismáticas: grânulos elipsoides e ovais com dimensões de até 54,30 µm de comprimento para a oca, de até 32,09 µm para o amido de olluco, e com formas predominantemente esféricas ou ovais truncadas, de menores dimensões de até 16,29 µm para grânulos de amido de mashua. Os conteúdos de amilose foram similares entre as amostras: 27,60% (oca), 26,49% (olluco) e 27,44% (mashua). O amido de olluco teve menor poder de intumescimento, formando géis opacos e menos resistentes. Os géis dos três amidos mostraram a mesma estabilidade sob refrigeração e apresentaram alta sinérese após congelamento, com variação de 40,28 a 74,42% para amido de olluco. Os amidos tiveram cocção rápida com alto pico de viscosidade. A baixa temperatura de gelatinização e alta estabilidade durante a refrigeração fazem destes amidos matérias-primas adequadas para formulações que requeiram temperaturas brandas de processamento e que dispensem conservação por congelamento.

Palavras-chave : Tuberosas andinas [propriedades funcionais]; Tuberosas andinas [propriedades fisico-químicas]; Amidos de tuberosas; Microscopia eletrônica de varredura [análise química].

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons