SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.15 número46Arranjos socioprodutivos de base comunitária: arranjos produtivos locais pensados como arranjos institucionais. O caso da mondragón corporação cooperativaInovação social e empreendedorismo institucional: a ação da Ong "Ação Educativa" no campo educacional da cidade de São Paulo índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Organizações & Sociedade

versão On-line ISSN 1984-9230

Resumo

FERRAZ, Deise Luiza da Silva  e  DIAS, Patrícia. Discutindo autogestão: um diálogo entre os pensamentos clássico e contemporâneo e as influências nas práticas autogestionárias da economia popular solidária. Organ. Soc. [online]. 2008, vol.15, n.46, pp.99-117. ISSN 1984-9230.  https://doi.org/10.1590/S1984-92302008000300005.

O surgimento dos Empreendimentos Autogestionários fomenta uma discussão detalhada acerca da autogestão. No intuito de compreender a abrangência dessa temática, este ensaio apresenta não só a origem e o significado do termo, mas os pressupos tos e os ideais básicos de sua construção. Para tanto, buscamos na vertente sociológica a origem da autogestão, abordando dois enfoques: o marxista e o proudhoniano. Esta reflexão teórica exige ainda considerar a reapropriação desse conceito pelas ciências administrativas. À luz dessas construções, averiguamos como o conceito e a práxis estão sendo entendidos pelos estudiosos da Economia Popular Solidária no Brasil. Por conseguinte, contrapomos os pressupostos dos autores clássicos aos dos contemporâneos e, com isso, percebemos a necessidade de uma relativização do conceito de autogestão para as distintas realidades encontradas nos Empreendimentos Econômicos Autogestionários. Desse modo, esperamos instigar novos debates a respeito desse assunto, a fim de construirmos coletivamente uma via alternativa ao sistema hegemônico.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons