SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.8 número1Planejamento e ecologia em Buenos Aires: um passeio de planejamento urbano em seu contexto ecológico-regionalReabitar a Montanha: estratégias e processos para comunidades sustentáveis na periferia montanhosa de Medellín índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


urbe. Revista Brasileira de Gestão Urbana

versão On-line ISSN 2175-3369

Resumo

SALAZAR, Gonzalo  e  JALABERT, Daniela. Rumo à uma paisagem ecosofia. Interpretando como os habitantes do sistema urbano de Villarrica-Pucón, região Araucania do Chile, percebem e se relacionam com a dinâmica da paisagem. urbe, Rev. Bras. Gest. Urbana [online]. 2016, vol.8, n.1, pp.28-41.  Epub 15-Dez-2015. ISSN 2175-3369.  https://doi.org/10.1590/2175-3369.008.001.SE02.

Como forma de reação à complexa crise global, a noção de urbanismo ecológico surge com o propósito de compreender e responder à descalibragem entre o sistema urbano e o meio ambiente do qual este é parte. Ao argumentar que o problema do urbanismo ecológico é essencialmente epistemológico e ético, o presente artigo sugere que a maneira como percebemos a relação entre cidade e natureza determina profundamente a práxis do urbanismo. Neste sentido, o artigo introduz o conceito de “paisagem ecosofia”, que permite tanto comprender a conexão indivisível entre prácticas de percepção e sócio-ecológicas, como também nos permite reconectar a práxis do urbanismo com uma epistemologia relacional e ética da paisagem. O artigo procura interpretar empiricamente como os habitantes do sistema urbano de Villarrica e Pucón, cidades da Região Araucania do Chile, percebem e se relacionam com as montanhas e paisagens lacustres nas suas práticas diárias. Para tanto, é utilizada uma metodologia etnográfica. A linha central do debate é representada pela questão: “Tão perto, porém tão longe”, pelo fato de que ambas as cidades, apesar de profundamente ligadas à paisagem, têm suas construções sócio culturais definidas por noções de desconexão e de falta de consciência. Por outro lado, numa espécie de causalidade, o artigo também identifica como certas iniciativas urbanas podem tanto implicar numa reconexão entre o sistema urbano e a paisagem do qual este é uma parte, como desencadear o surgimento de paisagens ecosofias mais profundas.

Palavras-chave : Urbanismo ecológico; Paisagem; Ecosofia.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )