SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.62 issue4Time of exposure and oil dosage affecting biomass production of the Amazonian semi-aquatic grass Echinochloa polystachyaReproductive biology and pollination of Cabomba aquatica (Cabombaceae) author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Rodriguésia

Print version ISSN 0370-6583On-line version ISSN 2175-7860

Abstract

LIZIERI, Claudineia; AGUIAR, Rosane  and  KUKI, Kacilda Naomi. Acúmulo e efeitos do manganês em três macrófitas aquáticas tropicais: Azolla caroliniana, Salvinia minima e Spirodela polyrhiza. Rodriguésia [online]. 2011, vol.62, n.4, pp.909-917. ISSN 0370-6583.  http://dx.doi.org/10.1590/S2175-78602011000400016.

A fitorremediação que consiste na utilização de plantas para remoção de íons, tem aumentado nas últimas décadas, tendo em vista a busca por tecnologias de baixo custo para mitigar áreas contaminadas. O objetivo do presente trabalho foi avaliar o potencial das macrófitas aquáticas: Azolla caroliniana Willd, Salvinia minima Baker (Salviniaceae) e Spirodela polyrhiza (L.) Schleiden (Araceae) em acumular manganês (Mn), um elemento que em concentração elevada pode ser tóxico para população humana. As três espécies acumularam Mn em seus tecidos e a absorção foi dependente da concentração do metal em solução. Spirodela polyrhiza acumulou as concentrações mais elevadas de Mn (17,062 mg g-1 MS), seguida por S. minima (4,283 mg g-1 MS) e A. caroliniana (1,341 mg g-1 MS). O excesso de Mn causou redução do conteúdo de clorofila total nas três espécies. O conteúdo de carotenóides diminuiu em A. caroliniana (27,02 %) e S. polyrhiza (25,34 %). Apenas em S. polyrhiza o crescimento foi reduzido significativamente (21,34%). As espécies A. caroliniana e S. minima toleraram excessos de Mn, mas foram ineficientes no acúmulo de concentrações elevadas do metal. O elevado conteúdo de Mn acumulado nos tecidos de S. polyrhiza sugere que a espécie possui capacidade para acumular este elemento. Portanto, apresenta potencial para ser utilizada na fitorremediação e oferece um novo recurso para explorar os mecanismos de acúmulo do Mn.

Keywords : plantas aquáticas; crescimento; toxicidade; fitorremediação.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )