SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.68 issue4The odd roots of Campylocentrum (Angraeciinae-Orchidaceae): an anatomical study of its morphologically variable rootsWhere are the Brazilian ethnobotanical studies in the Atlantic Forest and Caatinga? author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Rodriguésia

Print version ISSN 0370-6583On-line version ISSN 2175-7860

Abstract

LONGUI, Eduardo Luiz et al. Relationships among wood anatomy, hydraulic conductivity, density and shear parallel to the grain in the wood of 24-year-old Handroanthus vellosoi (Bignoniaceae). Rodriguésia [online]. 2017, vol.68, n.4, pp.1217-1224. ISSN 2175-7860.  http://dx.doi.org/10.1590/2175-7860201768406.

Foram estudadas as relações entre anatomia da madeira, condutividade hidráulica, densidade aparente e cisalhamento paralelo à grã no tronco de árvores de Handroanthus vellosoi objetivando-se identificar os possíveis trade-offs entre a condutividade hidráulica e propriedades mecânicas. Para este estudo foram cortadas 12 árvores com 24 anos de idade, discos com 10 cm de espessura foram retirados em três alturas: base do tronco, um e dois metros de altura. Propomos que a relação entre a condutividade hidráulica e resistência mecânica encontrados ao longo do tronco H. vellosoi parece indicar um maior investimento mecânico na base do tronco em comparação com as outras duas alturas (1 e 2 metros), anatomicamente representada por vasos de menor diâmetro e fibras com paredes mais espessas. Consequentemente, um investimento em maior resistência mecânica implica em menor condutividade de água, contudo, mais estudos são necessários para determinar se este valor mais baixo em relação ao 1 e 2 metros representa um efeito significativo no transporte de água ao longo do tronco.

Keywords : variação axial; biomêcanica; madeira brasileira; ipê amarelo; trade-offs.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )