SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.14 número2Compreensão e linguagem em Heidegger: ex-sistência, abertura ontológica e hermenêutica índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Bakhtiniana: Revista de Estudos do Discurso

versão On-line ISSN 2176-4573

Resumo

MENDES, Conrado Moreira. Entre o sensível e o inteligível: uma leitura semiótica do episódio Hino nacional, do Seriado Black Mirror. Bakhtiniana, Rev. Estud. Discurso [online]. 2019, vol.14, n.2, pp.128-149.  Epub 15-Abr-2019. ISSN 2176-4573.  https://doi.org/10.1590/2176-457337406.

O presente trabalho propõe uma articulação entre os modelos teóricos de regimes de interação e sentido e de regimes de visibilidade e, de forma complementar, aciona os conceitos de união e contágio - todos eles advindos da sociossemiótica de Eric Landowski - com o intuito de compreender as relações entre o sensível e o inteligível no engendramento da significação do episódio Hino nacional, do seriado britânico Black Mirror. Tal proposta revela-se profícua por demonstrar as passagens e sobreposições de um regime baseado no inteligível (manipulação) para um regime baseado no sensível (ajustamento). A partir da sintaxe do ver, instaura-se um novo regime de interação, pelas várias possibilidades entre o querer-ver/querer-ser-visto. O artigo levanta, ainda, a problemática do ponto de vista acerca do acidente e da programação. É possível observar que a presença do espectador num dado ponto da cadeia sintagmática, ou seja, o poder-ver ou o poder-não-ver, no caso desses dois regimes, pode fazer emergir um ou outro regime de interação e sentido, marcados, respectivamente, pelo sensível e pelo inteligível.

Palavras-chave : Sociossemiótica; Regimes de interação e sentido; Regimes de visibilidade; Black Mirror.

        · resumo em Inglês     · texto em Português | Inglês     · Português ( pdf ) | Inglês ( pdf )