SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.16 issue5Effects evaluation of remaining resin removal (three modes) on enamel surface after bracket debondingThe conservative treatment of Class I malocclusion with maxillary transverse deficiency and anterior teeth crowding author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Dental Press Journal of Orthodontics

On-line version ISSN 2176-9451

Abstract

FERREIRA, Evandro Eloy Marcone et al. Avaliação comparativa do espaçamento anterior em nipo-brasileiros e leucodermas, na dentição decídua. Dental Press J. Orthod. [online]. 2011, vol.16, n.5, pp. 155-162. ISSN 2176-9451.  http://dx.doi.org/10.1590/S2176-94512011000500022.

OBJETIVO: avaliar comparativamente a prevalência das características de espaçamento anterior em nipo-brasileiros e leucodermas, na dentição decídua. MÉTODOS: duas amostras de crianças com 2 a 6 anos de idade foram selecionadas: 405 nipo-brasileiros de 36 escolas do estado de São Paulo e 510 leucodermas de 11 instituições públicas da cidade de São Paulo. As variantes oclusais foram classificadas em quatro categorias, nas arcadas superior e inferior: espaçamento generalizado; somente espaços primatas; ausência de espaços; e apinhamento. Foi aplicada regressão logística para análise do efeito dos fatores idade, sexo e grupo étnico sobre a prevalência das características oclusais (α = 0,05). RESULTADOS: em nipo-brasileiros, o espaçamento generalizado foi a característica mais prevalente nas arcadas superior (46,2%) e inferior (53,3%). A frequência dos espaços primatas foi maior na arcada superior (28,2% versus 15,3%). Para a ausência de espaços (21,7-26,4%) e o apinhamento (4,0-4,9%), a variação entre as arcadas foi relativamente pequena. Em leucodermas, a ausência de espaços e a presença exclusiva dos primatas evidenciaram distribuição similar à observada nos nipo-brasileiros. O espaçamento generalizado foi diagnosticado em aproximadamente 50% das arcadas. A prevalência de apinhamento foi maior na arcada inferior (12,8% versus 3,9%). O único modelo de regressão logística que apresentou algum fator significativo foi o ajustado para a prevalência de apinhamento. Apenas o fator racial foi significativo (p < 0,001). CONCLUSÃO: sugere-se que as características de espaçamento anterior, na dentição decídua, não estariam condicionadas à idade ou ao sexo. Contudo, leucodermas teriam chances 2,8 vezes maiores de apresentar apinhamento na arcada inferior, em comparação aos nipo-brasileiros.

Keywords : Oclusão dentária; Diastema; Dentição primária.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese