SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.17 número4Atresia maxilar: há diferenças entre as regiões anterior e posterior?Otimização do tratamento ortodôntico utilizando o Centrex System para retração dos dentes anteriores índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Dental Press Journal of Orthodontics

versão impressa ISSN 2176-9451

Resumo

SANTOS, Rogério Lacerda dos et al. Cimentos ortodônticos: proteção imediata e liberação de flúor. Dental Press J. Orthod. [online]. 2012, vol.17, n.4, pp.1-5. ISSN 2176-9451.  http://dx.doi.org/10.1590/S2176-94512012000400010.

OBJETIVO: o objetivo desse estudo foi avaliar a liberação de flúor dos seguintes três cimentos de ionômero de vidro, com proteção imediata de verniz fluoretado (Cavitine, S. S. White): Meron / VOCO (Grupo M); Vidrion C / S. S. White (Grupo V); e Ketac Cem / 3M ESPE (Grupo KC). MÉTODOS: a liberação de flúor foi medida durante 60 dias, através de eletrodo íon seletivo conectado a um analisador de íons. Após quatro semanas, os corpos de prova foram expostos a uma solução de fluoreto de sódio a 0,221% (1.000ppm de flúor). RESULTADOS: os resultados evidenciaram que os cimentos atingiram o pico máximo de liberação de flúor com 24h após a presa inicial. Houve diferença estatisticamente significativa entre os grupos, quanto à quantidade de flúor liberado após as aplicações de flúor, do 31º ao 60° dia (p > 0,05). CONCLUSÃO: os cimentos Meron e Vidrion apresentaram maior capacidade de captação e liberação de flúor, em comparação ao cimento Ketac Cem.

Palavras-chave : Cimento de ionômero de vidro; Liberação de flúor; Verniz.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons